Negócios

28/09/2018

AlphaGraphics se reinventa na indústria gráfica

Para o sócio-presidente da empresa, o papel não perdeu sua relevância ao longo dos anos, mas passou a ganhar um novo significado em alguns segmentos

AlphaGraphics se reinventa na indústria gráfica

Rodrigo Abreu projeta crescimento de até 20% para a empresa neste ano
(Arte: TUTU)

Desde a chegada da internet, a indústria gráfica lida, diariamente, com a teoria de que o papel vai acabar, visto que a população como um todo passou a utilizar os recursos tecnológicos para se comunicar.

No entanto, para o sócio-presidente da AlphaGraphics, Rodrigo Abreu, o papel, de uma forma ou outra, não perdeu sua relevância, mas deixou de ser importante em muitas indústrias e passou a ganhar um novo significado em outras.  “A partir do momento que a gente começa a entrar em novos mercados, abre-se uma oportunidade para nos posicionarmos não apenas como gráficos, mas também em muitos serviços de marketing e design”, comenta.

Veja também:  
Mahogany aposta em lojas “light” e dribla crise econômica brasileira
Grupo Ornatus se adapta e aproveita crise econômica para “expansão vertical” 
Rede de camisetas Piticas aposta no segmento de cultura pop e planeja expansão  
Chocolândia: de bomboniere a rede de supermercados  
Estratégia multicanal da Polishop atrai novo consumidor

Nos últimos cinco anos, a empresa tem vivido um exemplo de inovação na área editorial. “Antigamente, era praticamente impossível que todas as pessoas pudessem publicar livros e, hoje em dia, a tecnologia de impressão sob demanda possibilita que qualquer pessoa publique um livro com apenas uma cópia impressa, por exemplo, na mesma qualidade que teria um material com 10 mil tiragens”, explica Abreu.

A franquia americana também passou a vender no e-commerce, o que é considerado por Rodrigo Abreu uma peça fundamental do negócio, pois ajudou a ampliar consideravelmente o canal de vendas e o espectro de produtos e serviços.

No Brasil há 30 anos, a AlphaGraphics conta com mais de 400 colaboradores em 20 lojas distribuídas em oito Estados da Federação e no Distrito Federal, com crescimento de 10% em 2017 e projeção de crescimento entre 15% e 20% em 2018.

Saiba mais sobre a AlphaGraphics no vídeo a seguir: