Editorial

30/01/2019

Autor de “Amor Profano” participa de bate-papo após apresentações da peça nos dias 1º, 2 e 3 de fevereiro

Dramaturgo israelense Motti Lerner conversa com o público sobre a montagem que tem ligeira inspiração em sua vida

Autor de “Amor Profano” participa de bate-papo após apresentações da peça nos dias 1º, 2 e 3 de fevereiro

Motti Lerner é professor de dramaturgia e conhecido por textos teatrais e roteiros para cinema e televisão
(Arte/Tutu)

Em cartaz no Teatro Raul Cortez, na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), a peça Amor Profano conta com um atrativo especial nas sessões de sexta-feira (1º), sábado (2) e domingo (3): o autor da montagem, o dramaturgo israelense Motti Lerner, participará de bate-papo com o público após a exibição do espetáculo.

Lerner é conhecido mundialmente por produções como roteirista e dramaturgo. Seu catálogo inclui peças de teatro encenadas na Europa e nos Estados Unidos, roteiros de filmes produzidos para cinema e televisão e obras literárias. Além de profícuo palestrante, atuou como professor de dramaturgia em instituições de ensino americanas (Universidade de Duke e Knox College), israelenses (Universidade de Tel Aviv e Kibbutz College) e indiana (Instituto de Estudos Avançados da Universidade Jawaharlal Nehru).

O autor é famoso por textos em que os personagens são envolvidos pelo contexto político-social local, característica presente em Amor Profano, cujo enredo se passa em Israel e tem leve inspiração na vida de Lerner.

Veja também
“Amor Profano” recebe aclamação do público em estreia no Teatro Raul Cortez
Com Viviane Pasmanter e Marcello Airoldi, peça “Amor Profano” chega ao Teatro Raul Cortez

A montagem narra o reencontro de Hannah (Viviane Pasmanter) e Zvi (Marcello Airoldi) 20 anos após terem se separado. Ainda vivendo em Jerusalém, Hannah mantém a fé e os costumes judeus ortodoxos, enquanto Zvi, que abandonou a religião e, consequentemente, o casamento, tornou-se escritor e adotou um estilo de vida distante das tradições judaicas. O espetáculo conta com a direção de Einat Falbel e trilha sonora composta pela cantora Fortuna.

Com presença de um tradutor, o bate-papo com o autor ocorre logo após as encenações. Na sexta e no sábado, as apresentações são às 21h, e no domingo, às 19h. A duração aproximada da peça é de 80 minutos. A visita de Motti Lerner tem o apoio institucional do Consulado de Israel e da Federação Israelita do Estado de São Paulo.

A montagem fica em cartaz no Teatro Raul Cortez até 24 de fevereiro. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do teatro – de terça a quinta, das 15h às 20h, e de sexta a domingo, das 15h até o início da peça – ou pelo site Ingresso Rápido. A classificação é de 12 anos.

Serviço
Temporada: até 24 de fevereiro
Sextas e sábados, às 21h; domingos, às 19h
Teatro Raul Cortez – Rua Dr. Plínio Barreto, 285, Bela Vista, São Paulo/SP

Bate-papo com Motti Lerner
Sexta-feira (1º/2), sábado (2/2) e domingo (3/2), após as apresentações