Sustentabilidade

16/10/2017

FecomercioSP e Secretaria do Meio Ambiente de SP assinam termo de compromisso de Logística Reversa de eletroeletrônicos

Green Eletron instalará pontos de coleta e fará o descarte adequado de equipamentos pós-consumo

FecomercioSP e Secretaria do Meio Ambiente de SP assinam termo de compromisso de Logística Reversa de eletroeletrônicos

Presidente do Conselho de Sustentabilidade da FecomercioSP, José Goldemberg (ao centro), participa da solenidade de assinatura do termo de compromisso de Logística Reversa
(Christian Parente)

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), a Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo (SMA), a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), a Abinee e a Green Eletron assinaram, nesta segunda-feira (16), o termo de compromisso para Logística Reversa de produtos eletroeletrônicos de uso doméstico.

Com vigência de quatro anos, o termo de compromisso será operacionalizado pela Green Eletron, gestora criada pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) em 2016.

Veja também
Conheça a plataforma de Logísitica Reversa da FecomercioSP
Sincomercio recolhe 200 quilos de pilhas e baterias na Baixada Santista
Inscrições no Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade podem ser realizadas até novembro

A entidade gestora fica responsável por instalar pontos de recebimento de produtos eletroeletrônicos – aparelhos de telefone, celulares, videogames, acessórios eletrônicos, câmeras, impressoras, computadores, tablets, notebooks, e-readers etc. –, além de seguir com a destinação de maneira ambientalmente adequada dos itens descartados. Na ocasião, um ponto de coleta foi inaugurado na sede da secretaria.

Na cerimônia de assinatura do termo de compromisso, o presidente do Conselho de Sustentabilidade da FecomercioSP, José Goldemberg, ressaltou que atividades de reciclagem e de Logística Reversa se fortalecem quando encontram viabilidade comercial. “Alguns produtos já têm destinação final – por isso não vemos mais latinhas de alumínio por aí. Com o avanço tecnológico, outras áreas serão desenvolvidas e se transformarão em novos negócios”, disse Goldemberg.

Além disso, o presidente do Conselho de Sustentabilidade da FecomercioSP destacou a criação de uma entidade gestora para operacionalizar o projeto. “Quando é feito um convênio e se assina de boa-fé com a concordância dos grupos envolvidos, definitivamente é um grande avanço. A FecomercioSP tem interesse de ver ações desse tipo irem para frente e, por isso, trabalha para facilitar esses entendimentos”, afirmou.

O secretário do Meio Ambiente, Maurício Brusadin, falou que a iniciativa é parte de um grupo de ações que têm o objetivo de permitir a reutilização ou destinação final de produtos após o término de seu tempo de vida. “São pequenos passos, mas, diante dos problemas que o mundo vive, enfrentando as mudanças climáticas, exigem de nós minimizar a equação que estamos vivendo: a velocidade de retirada dos recursos naturais é maior do que a velocidade de reposição. Se não soubermos minimizar essa equação, corremos o risco de não sermos generosos com as gerações futuras”, disse Brusadin.

O sistema de Logística Reversa será implantando em duas etapas. Nos primeiros seis meses de vigência, o projeto-piloto Descarte Green realiza campanhas para coleta de eletroeletrônicos em diversos municípios paulistas, contando com 16 pontos de recebimentos fixos, nos quais a população poderá descartar seus eletroeletrônicos. O material coletado será encaminhado para seleção, desmonte e reciclagem para que volte novamente para a fabricação de novos aparelhos. Após essa etapa, a Green Eletron deverá produzir um relatório dos resultados e um plano de expansão do projeto.

“Precisamos entender que o equipamento eletrônico só vai ter uma destinação adequada se for corretamente descartado”, afirmou o presidente-executivo da Abinee e da Green Eletron, Humberto Barbato. “O projeto é um dos primeiros passos que estamos dando em direção a um mundo mais sustentável”, completou.

Também presente à solenidade de assinatura do termo de compromisso, o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Material Elétrico e Aparelhos Eletrodomésticos no Estado de São Paulo (SincoElétrico), Marco Aurélio Sprovieri Rodrigues, salientou a importância de o Governo Estadual apoiar a atividade de Logística Reversa. “A inauguração do coletor é um aval a esse processo. O projeto é só o pontapé inicial e precisa do respaldo do Governo para a sua execução”, comentou Rodrigues.

O Termo de Compromisso foi assinado pelo presidente do Conselho de Sustentabilidade da FecomercioSP, José Goldemberg; pelo Secretário do Meio Ambiente do ESP, Maurício Brusadin; pelo Presidente da Cetesb, Carlos Roberto dos Santos; pelo Presidente-Executivo da Abinee e da Green Eletron, Humberto Barbato; e pelo Diretor de Controle e Licenciamento Ambiental da Cetesb, Geraldo do Amaral.

A FecomercioSP possui uma plataforma de Logística Reversa, que auxilia consumidores, empresas e sindicatos na adoção de ações para descarte ambientalmente adequado de resíduos sólidos.

termo_compromisso_log_reversa_2(Christian Parente)