Negócios

05/09/2018

Grupo Ornatus se adapta e aproveita crise econômica para “expansão vertical”

CEO da empresa detentora das marcas Morana, Balonè, Love Brands e Little Tokyo alerta que empresário precisa se preocupar com transformações mundiais

Grupo Ornatus se adapta e aproveita crise econômica para “expansão vertical”

Jae Ho Lee acredita na retomada do crescimento da economia em breve
(Arte: TUTU)

A crise econômica no Brasil fez com que diversas empresas passassem por um período de adaptação. É o caso do Grupo Ornatus, que possui em seu portfólio as redes Morana, Balonè, Love Brands e Little Tokyo. Considerado um dos mais respeitados do mercado de franquias, o grupo registrou um ciclo de crescimento muito forte entre 2003 e 2013, quando o governo entrou com políticas de crédito. No entanto, a partir de 2014 tiveram de “arrumar a casa”.

“Nossa empresa aproveitou esse período de crise severa para fazer uma expansão vertical, com algumas reformas internas para melhorar a estrutura, o que foi muito bom para pararmos para pensar e olharmos para fora”, analisa o CEO da empresa, Jae Ho Lee.

Veja também:
Rede de camisetas Piticas aposta no segmento de cultura pop e planeja expansão
Chocolândia: de bomboniere a rede de supermercados
Estratégia multicanal da Polishop atrai novo consumidor

Segundo Lee, todas as crises são cíclicas, por isso, acredita na retomada de crescimento da economia em breve. No entanto, o CEO alerta que todo empresário precisa se preocupar com a transformação cada vez mais acelerada que o mundo vive, e não apenas com a atual situação do Brasil.

“Dizem que nos próximos dez anos teremos transformações mais fortes do que nos últimos 50 somados. A geração do milênio já representa 50% do nosso consumidor, e as empresas atualmente são geridas pelos baby boomers (acima dos 50 anos), que é o meu caso. Somos imigrantes digitais, temos uma geração que nasceu digital. Se você não entender que existe uma nova realidade, você está fora do mercado”, enfatiza.

Assista à entrevista completa aqui: