Editorial

01/11/2018

“Um Panorama Visto da Ponte” traz temas atuais como imigração e delação

Diretor de produção da peça, Carlos Mamberti, ressalta que assuntos escritos por Arthur Miller em 1955 ainda se mantêm contemporâneos na sociedade

“Um Panorama Visto da Ponte” traz temas atuais como imigração e delação

“Por falar das relações pessoais, todo mundo encontra um pouco de sua história no espetáculo”, diz Mamberti
(Arte: TUTU sobre foto de divulgação)

Assuntos como imigração e delação têm sido destaque nas páginas dos jornais em todo o mundo nos últimos anos e também é um dos temas centrais do espetáculo Um panorama visto da ponte, em cartaz no Teatro Raul Cortez, na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Apesar de escrito em 1955 e reescrito em 1956 pelo americano Arthur Miller (1915-2005), o clássico se mantém atual ao retratar a história de um casal de imigrantes italianos, Eddie Carbone (Rodrigo Lombardi) e Beatrice (Patricia Pichamone), que vive em Nova York e cria a sobrinha órfã, mas que acaba vivendo um intenso conflito com a chegada de dois primos vindos da Itália que entram ilegalmente nos Estados Unidos.

Veja também: 
Diretor exalta elenco heterogêneo da peça “Um Panorama Visto da Ponte”
“Um Panorama Visto da Ponte” leva público à reflexão e se mantém atual, diz Rodrigo Lombardi 
Artistas e fãs marcam presença na estreia de “Um Panorama Visto da Ponte” no Teatro Raul Cortez 
“É um sonho realizado remontar esse clássico”, diz Sérgio Mamberti sobre Um Panorama Visto da Ponte
Com Rodrigo Lombardi e Sérgio Mamberti, peça “Um panorama visto da ponte” estreia no Teatro Raul Cortez

“É incrível como a humanidade se repete, e isso tem acontecido em um curto espaço de tempo, então parece até que ele não passou, que ainda estamos em 1955, com a intolerância aos imigrantes no pós-guerra”, analisa o diretor de produção, Carlos Mamberti.

Além de ter a honra de produzir o texto de um autor tão emblemático para o teatro, Mamberti ressalta que reunir um time de profissionais talentosos é de grande orgulho. “É muito prazeroso trabalhar quando se tem uma equipe animada e feliz e com uma produção tão bem acabada, desde a cenografia até o figurino. Isso me dá a certeza de que é isso que quero fazer para o resto da minha vida”, comenta.

Um panorama visto da ponte fica em cartaz até o dia 25 de novembro. De acordo com Mamberti, o público pode se preparar para muita emoção e paixão, conflitos e até momentos divertidos – apesar de a peça não ser classificada como comédia. “Há também momentos de leveza, e a questão do amor entre alguns personagens é trazida de uma forma bonita e juvenil, algo bonito de se ver. Por falar das relações pessoais, acho que todo mundo acaba encontrando um pouco de sua história, e essa é a grande tônica do espetáculo”, finaliza.

A peça tem duração de 100 minutos e a classificação é de 14 anos.

Informações da peça "Um Panorama Visto da Ponte"    
Data: de 3 de agosto a 25 de novembro.     
Sextas, às 21h30; sábados, às 21h; domingos, às 18h.  
Ingressos: R$ 80.    
Teatro Raul Cortez – Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – Bela Vista, São Paulo (SP).