Pesquisa de Emprego e Salário na RMSP

Varejo fecha 30.657 empregos formais no 1º semestre

O comércio varejista no Estado de São Paulo voltou a eliminar empregos formais em junho e encerrou o primeiro semestre com 30.657 postos de trabalho a menos. No sexto mês do ano, o varejo paulista extinguiu 953 empregos, resultado de 69.942 admissões e 70.895 desligamentos. Com isso, o setor encerrou o mês com 2.052.226 trabalhadores formais, queda de 0,5% na comparação com o mesmo mês de 2016. Vale ressaltar, porém, que o ritmo de fechamento de vagas é bem menor comparado ao ano passado, já que 5.614 postos de trabalho deixaram de existir em junho de 2016, e no acumulado do primeiro semestre, 66.602 empregos foram eliminados. Assim, verifica-se que o saldo negativo de 30.657 vagas é 54% menor do que o registrado no mesmo período do ano passado. Já na somatória dos últimos 12 meses, foram extintos 11.201 empregos com carteira assinadas.

Segundo a FecomercioSP, mesmo com a perda de empregos formais no primeiro semestre do ano, é importante ressaltar que a perda de vagas em 2017 foi metade da vista no mesmo período de 2016, e ainda se projeta um segundo semestre positivo, em decorrência dos impactos conjunturais de inflação e juros mais baixos e dos resultadosque a sazonalidade positiva do Natal traz ao setor varejista.

Para ter acesso à análise completa, clique aqui.

Sobre

A Pesquisa de Emprego no Comércio Varejista de São Paulo (PESP), elaborada pela FecomercioSP com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged), abrange todo o Estado de São Paulo. Além dos dados estaduais, a metodologia traz informações mensais do emprego formal no comércio varejista das Delegacias Regionais Tributárias (DRTs) do Estado: Capital, Litoral, Taubaté, Sorocaba, Campinas, Ribeirão Preto, Bauru, São José do Rio Preto, Araçatuba, Presidente Prudente, Marília, ABCD, Guarulhos, Osasco, Araraquara e Jundiaí.

Como é obtido

São utilizados os dados do Caged para que se calculem, com base nos códigos CNAE dos setores de varejo analisados, os dados de emprego, renda e rotatividade em cada setor. Esses dados são agrupados para gerar o resultado geral do Varejo.

Utilidades

Mensalmente é gerado o relatório contendo a evolução sobre o mercado de trabalho no comércio varejista nos seguintes segmentos: Lojas de Departamento, Lojas de Eletrodomésticos e Eletroeletrônicos, Lojas de Móveis e Decorações, Lojas de Vestuário, Tecidos e Calçados, Supermercados, Farmácias e Perfumarias, Concessionárias de Veículos, Lojas de Autopeças e Acessórios, Lojas de Material de Construção, Outros Tipos de Comércio Varejista. Neste relatório são acompanhados o Nível de Emprego, a Contratação Líquida, a Taxa de Admissão, a Taxa de Demissão, a Rotatividade e a Massa de Rendimentos e Rendimentos Médios.

Análise de Índice

De:

Até:

Selecione ao menos uma das Segmentações para visualização

Conteúdos relacionados