Pesquisa de Emprego e Salário na RMSP

Em maio, varejo paulista fecha 905 empregos formais 

O mercado de trabalho do comércio varejista do Estado de São Paulo voltou a oscilar em maio, após a criação de 1.570 postos de trabalho em abril. No quinto mês deste ano, o varejo paulista eliminou 905 empregos formais, resultado de 72.172 admissões e 73.077 desligamentos. Com isso, o varejo paulista encerrou o mês de maio com 2.053.179 trabalhadores formais, queda de 0,8% na comparação com o mesmo mês de 2016. Apesar do desempenho negativo, vale ressaltar que o fechamento de vagas foi muito mais ameno do que em maio no ano passado, quando o saldo ficou negativo em 3.730 empregos. No acumulado dos últimos 12 meses, foram extintos 15.862 empregos com carteira assinada.

Segundo a FecomercioSP, dado o bom desempenho das vendas do varejo paulista neste início de ano, a expectativa é de que o mercado de trabalho reaja ao longo do segundo semestre, ainda que de forma lenta e gradual. Entretanto, a Entidade ressalta que os desdobramentos da atual crise política podem afetar as decisões de investimento dos empresários, inclusive de aumento do quadro funcional. 

Para ter acesso à análise completa, clique aqui.

Sobre

A Pesquisa de Emprego no Comércio Varejista de São Paulo (PESP), elaborada pela FecomercioSP com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho (Caged), abrange todo o Estado de São Paulo. Além dos dados estaduais, a metodologia traz informações mensais do emprego formal no comércio varejista das Delegacias Regionais Tributárias (DRTs) do Estado: Capital, Litoral, Taubaté, Sorocaba, Campinas, Ribeirão Preto, Bauru, São José do Rio Preto, Araçatuba, Presidente Prudente, Marília, ABCD, Guarulhos, Osasco, Araraquara e Jundiaí.

Como é obtido

São utilizados os dados do Caged para que se calculem, com base nos códigos CNAE dos setores de varejo analisados, os dados de emprego, renda e rotatividade em cada setor. Esses dados são agrupados para gerar o resultado geral do Varejo.

Utilidades

Mensalmente é gerado o relatório contendo a evolução sobre o mercado de trabalho no comércio varejista nos seguintes segmentos: Lojas de Departamento, Lojas de Eletrodomésticos e Eletroeletrônicos, Lojas de Móveis e Decorações, Lojas de Vestuário, Tecidos e Calçados, Supermercados, Farmácias e Perfumarias, Concessionárias de Veículos, Lojas de Autopeças e Acessórios, Lojas de Material de Construção, Outros Tipos de Comércio Varejista. Neste relatório são acompanhados o Nível de Emprego, a Contratação Líquida, a Taxa de Admissão, a Taxa de Demissão, a Rotatividade e a Massa de Rendimentos e Rendimentos Médios.

Análise de Índice

De:

Até:

Selecione ao menos uma das Segmentações para visualização

Conteúdos relacionados