Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Sustentabilidade

23/09/2021

Água da chuva e de reúso: veja se sua empresa pode ser beneficiada com o “IPTU verde”

Confira como adotar práticas mais sustentáveis no dia a dia

Ajustar texto: A+A-

Água da chuva e de reúso: veja se sua empresa pode ser beneficiada com o “IPTU verde”

FecomercioSP elaborou e-book com todas as orientações necessárias ao empresário em relação à preservação da água
(Arte: TUTU)

A atual crise hídrica tem reforçado a importância de estabelecimentos adotarem práticas sustentáveis na utilização dos recursos naturais. O Poder Público tem se empenhado mais em aplicar multas aos que desperdiçam água, sejam pessoas físicas, sejam pessoas jurídicas, mas também em garantir incentivos fiscais aos locais que se empenham na economia. É aí que podemos entender melhor como o consumo consciente de água beneficia o meio ambiente e, de quebra, o bolso do empresário.

Alguns municípios paulistas já concedem descontos no Imposto sobre Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) para imóveis que tenham sistema de captação de água de chuva (com armazenamento em reservatórios para utilização da água pluvial no próprio imóvel) e sistema de reúso de água (que aproveita, após o devido tratamento, águas residuais provenientes do próprio imóvel para atividades que não exijam água potável).

O município de Guarulhos concede 3% de desconto no IPTU para captação de água de chuva – e mais 3% para o reúso do recurso. Em Jaguariúna, o desconto chega a 2% quando ambas as práticas são adotadas.

Além do desconto no imposto, há outras formas de se economizar com as práticas. O Conselho de Sustentabilidade (CS) da FecomercioSP orienta que as empresas utilizem água da chuva e façam captação, armazenamento, tratamento e monitoramento ­– ­como previsto na Norma ABNT NBR 15.527:2019. Também é possível usufruir do efluente de lavatórios, pias e enxágues em geral nos vasos sanitários.

Outra possibilidade é a instalação de uma estação de tratamento de efluentes, de forma a se ter a própria água de reúso para atividades que não exijam água potável, tais como limpeza de áreas externas, irrigação de jardins e lavagem de carros.

Veja também
Comitê Energia da FecomercioSP inicia atividades e debate avanço da crise energética no País
Entenda o aumento das tarifas de energia e veja dicas para economizar
FecomercioSP recomenda economia de água por parte das empresas após alerta hídrico do Sistema Nacional de Meteorologia

Além destas iniciativas, a FecomercioSP elaborou um e-book com todas as orientações necessárias ao empresário em relação à preservação da água no dia a dia com práticas simples, bem como para que se evitem multas por desperdício. O material compara equipamentos convencionais e economizadores e auxilia no cálculo de quantos metros cúbicos de água o estabelecimento precisará mensalmente, dependendo da quantidade de funcionários.

O e-book ainda fornece um cronograma de manutenção preventiva das instalações hidráulico-sanitárias, de louças e de metais, de forma que as empresas evitem prejuízos com vazamentos de água. Clique aqui e acesse o material completo.

Outras ações sustentáveis

Tendo em vista que os alertas sobre o consumo sustentável da água ocorrem com mais frequência desde a grave crise hídrica de 2015/2016, as empresas podem buscar outras soluções de longo prazo. Confira algumas dicas a seguir.

- Estude a viabilidade da solicitação de autorização para a perfuração de poços profundos. Consulte o Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee) (http://www.daee.sp.gov.br/site/outorga/).

- Verifique a possibilidade de captar águas subterrâneas decorrentes de rebaixamento de lençol freático em edificações e obras de construção civil. Solicite a outorga no Daee (http://www.daee.sp.gov.br/site/outorga/).

- Consulte a concessionária de saneamento básico local e verifique a disponibilidade de adquirir água de reúso. Na Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), as Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) São Miguel, ABC, Barueri e Parque Novo Mundo vendem água de reúso. Para informações sobre custos e detalhes do serviço, ligue para 0800-771-2482.

- Cadastre fornecedores para o abastecimento via caminhões-pipa. Consulte o Sistema de Informações em Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo (Sivisa) para saber se a empresa fornecedora está com a licença sanitária vigente e verifique as garantias relacionadas à qualidade da água fornecida.

Acompanhe a FecomercioSP

Para saber mais sobre as atividades de advocacy da FecomercioSP ou conhecer as atividades dos conselhos da FecomercioSP, fale conosco pelo e-mail ri@fecomercio.com.br. Se você ainda não é associado, clique aqui e conheça as vantagens.