Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Negócios

19/07/2015

Cai o número de spam em e-mails

Pela primeira vez em 12 anos, menos de 50% das mensagens que circulam pelas caixas de e-mail são spam

Ajustar texto: A+A-

Cai o número de spam em e-mails

O relatório de segurança digital divulgado pela Symantec mensalmente aponta para um número menor de mensagens de spam nas caixas de e-mail arredor do mundo. Segundo o levantamento, o número de ameaças em junho, caiu 1,8% em relação ao mês de maio.

Além das mensagens de spam, ataques physhing também estão ficando mais raros. As ações desse tipo baixaram de 1 em cada 647, em novembro de 2014, para 1 em cada 2.448 no último mês.

E para aumentar o ciclo de baixas, ataques de malware através de e-mail também estão caindo. Apesar disso, foi constatado o maior número de variações da ameaça na história. Foram 57,6 milhões em junho de 2015, contra 44,5 milhões em maio do mesmo ano, um aumento de mais de 10 milhões de variações de malwares no período de um mês.

O pico de variações de malware e a baixa de infecções nos e-mails sugere que os ataques estão sendo direcionados para outras plataformas.

Usuários de Android sofreram muito com ameaças de malware no mês passado. Alguns ainda continuam em risco de serem infectados. Mídias sociais também são uma nova forma de hackers se infiltrarem em computadores de vítimas, mas nesses casos a forma de disseminar o malware é diferente. Segundo o relatório da Symantec, 83% das ameaças são espalhadas manualmente pelos próprios usuários, através de vídeos e links infectados.

Fonte: DailyDot