Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Podcasts

18/10/2021

Maior clube de vinhos do mundo investe em ferramentas de conteúdo e entretenimento para fidelizar assinantes

Wine expande rede com 12 novas lojas físicas na pandemia

Ajustar texto: A+A-

Maior clube de vinhos do mundo investe em ferramentas de conteúdo e entretenimento para fidelizar assinantes

Atualmente, 75% das vendas das lojas já acontecem pelo app da companhia
(Arte: TUTU)

O episódio desta semana do podcast da FecomercioSP, Mercado & Perspectivas, traz a entrevista com o CEO da Wine, maior clube de vinhos do mundo, Marcelo D’Arienzo.

A empresa, que soma 270 mil assinantes e conta com um faturamento de R$450 milhões, ganhou novos usuários durante a pandemia. D’Arienzo destaca que os novos assinantes tiveram um consumo relevante no e-commerce, contribuindo para o crescimento da Wine nos últimos meses. “O principal impacto foi começar a trabalhar com novos usuários, um novo volume de pessoas que chegou para a nossa categoria.”

Veja também:
FecomercioSP pede isenção do ICMS sobre aumento da tarifa de energia no Estado
A era da inovação: o que é iX e como implementá-la?
Levantamento aponta que maioria das empresas só deve retomar atividades presenciais com colaboradores vacinados

Vivendo o período de pandemia de covid-19 em todo o mundo, a companhia desenvolveu ferramentas de conteúdo sobre vinhos e entretenimento disponíveis no aplicativo –por exemplo, um game que disponibiliza cashback aos assinantes. Além disso, passaram a disponibilizar cursos sobre o universo do vinho, mediante a parceria com uma empresa de conteúdo. “Logo no começo da pandemia, tivemos uma discussão sobre qual seria o papel da Wine. Entendemos que representaríamos um momento de ‘desafogo’ deste processo complexo que vivemos”, analisa o executivo.

A Wine expandiu a rede com 12 novas lojas físicas. O intuito de descentralizar o estoque sem perder a jornada digital forte que já traçavam passou a fazer sentido. De acordo com o CEO da empresa, além de lojas, será um espaço para experiências, agregando as pessoas dentro dos pontos físicos, com degustações e jantares.

D’Arienzo considera que é uma maneira de trazer novos assinantes também, já que incentivam as compras das lojas serem realizadas pelo próprio aplicativo. Atualmente, 75% das vendas das lojas já acontecem pelo app.

Ainda na gravação, o executivo da companhia fala sobre a aquisição de uma importadora focada na venda para bares e restaurantes; o perfil do cliente; os ensinamentos da pandemia, como a ideia de pensar a marca de forma mais inclusiva; e os desafios para o próximo ano: continuar aumentando a base de assinantes, investir no aplicativo e avançar no segmento offline.

Ouça o podcast.

FecomercioSP · Wine: estratégias e expectativas para a retomada

O programa também está disponível no Spotify e no Apple Podcasts.