Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Editorial

29/11/2017

Presidente da FecomercioSP inaugura unidade do Sesc em Birigui

Com investimento de aproximadamente R$ 90 milhões, Centro Cultural e Esportivo emprega 110 funcionários na cidade do noroeste paulista

Ajustar texto: A+A-

Presidente da FecomercioSP inaugura unidade do Sesc em Birigui

Abram Szajman ressalta as medidas de sustentabilidade das instalações do Sesc Birigui em discurso de inauguração da unidade
(Foto: Miguel Schincariol/Tutu)

Por Eduardo Vasconcelos

O Sesc inaugurou, no sábado (25), uma unidade em Birigui, município localizado no noroeste do Estado de São Paulo. A cerimônia de abertura contou com a presença do presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), Abram Szajman, além de autoridades locais e da Instituição.

Em sua fala, Szajman ressaltou o compromisso dos empresários dos setores de comércio de bens, serviços e turismo para o bem-estar e a qualidade de vida da população. “Hoje, entregamos esse centro cultural e esportivo equipado com os recursos necessários às mais diversas práticas de educação, saúde e cultura”, afirmou o presidente da FecomercioSP.

Veja também
Presidente da FecomercioSP recebe o título de Cidadão Biriguiense
Governador de SP e presidente da FecomercioSP participam de inauguração de Sesc

Szajman também reafirmou o compromisso do Sesc com ações sustentáveis, uma vez que a unidade de Birigui inclui rede de tratamento de esgoto própria, telhado coberto com vegetação verde, aquecimento solar, entre outras medidas. “Esse projeto credencia o Sesc a receber o selo internacional para assumir soluções de sustentabilidade, por exemplo, pela estrutura para reaproveitamento das águas pluviais, estação de tratamento de esgoto, reúso de água tratada e telhado verde para melhorar o conforto das pessoas. Tudo isso para que os visitantes se sintam acolhidos e bem-vindos”, disse Szajman.

O prefeito de Birigui, Cristiano Salmeirão, agradeceu à FecomercioSP “por ter acreditado na cidade” e disse que as instalações do Sesc se tornaram referência para o município.

“É um dos prédios mais modernos que nós temos. Acredito que esse telhado verde seja o único da nossa cidade”, comentou Salmeirão. “O Sesc vai servir de referência para que outros investimentos em Birigui tomem a sustentabilidade como exemplo”, completou.

O diretor regional do Sesc em São Paulo, Danilo Santos de Miranda, afirmou que, quando a instituição instala uma unidade em uma cidade, tem o objetivo de somar esforços para promoção de bem-estar aos cidadãos da região. “Com um trabalho educativo, a instituição procura participar de uma vida sócio-cultural dos habitantes, oferecendo atividades que acredita serem basilares para o convívio humano harmônico no mundo contemporâneo e para construção de um processo civilizatório permanente”, disse Miranda.

A cerimônia de abertura contou com a presença do presidente do Sindicato do Comércio Varejista (Sincomercio) de Birigui, Dario Miguel Pedro, conhecido por ser o criador do biribol, modalidade esportiva praticada dentro da piscina de maneira semelhante ao vôlei. O jogo foi instituído em 1968, em Birigui. Pedro fez elogios pessoais ao presidente da FecomercioSP e celebrou a inauguração da unidade na cidade – que conta, inclusive, com piscinas para partidas de biribol.

“O Sesc é uma grande realidade. A unidade vai beneficiar não apenas as pessoas que moram em Birigui, mas também as das cidades ao redor”, disse Pedro.

fachada_sesc_birigui_
Sesc Birigui conta com quadra poliesportiva, parque aquático, consultório odontolofico, teatro e outras instalações

A unidade
Com uma área construída de 7.586 metros quadrados, o Sesc Birigui conta com quadra poliesportiva, parque aquático com piscinas semiolímpica e infantil, quadra de areia, sala de ginástica, consultório odontológico, teatro com 217 lugares, praça de alimentação, biblioteca e espaço de tecnologias e artes.

Desenvolvida para atender também às cidades de Araçatuba, Andradina, Lins e Penápolis, a unidade de Birigui recebeu investimento de aproximadamente R$ 90 milhões. Atualmente, emprega 110 funcionários.