Economia

23/05/2016

Projeto de revitalização irá beneficiar comércio da Bela Vista, aponta FecomercioSP

Segundo a Entidade, obras de melhorias do bairro e nova estação do metrô serão favoráveis a comerciantes e moradores locais

Projeto de revitalização irá beneficiar comércio da Bela Vista, aponta FecomercioSP

Para o presidente do Conselho de Desenvolvimento Local da FecomercioSP, Jorge Duarte, a integração com a paisagem urbana beneficia o comércio
(Fernando Nunes/Perspectiva)

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), por meio do seu Conselho de Desenvolvimento Local, acredita que o projeto de revitalização do Complexo Júlio de Mesquita Filho, no bairro da Bela Vista, na Capital, deve impulsionar o comércio existente na região e gerar novos negócios. O projeto visa à implantação de uma estação de metrô e reestruturação dos espaços embaixo do viaduto, que atualmente estão degradados e oferecem pouca segurança para a população. 

Apesar da possibilidade das obras iniciais causarem um pouco de contratempo no entorno, a Entidade tem uma visão em longo prazo e acredita que o comércio local será um dos principais beneficiados, visto que hoje, sente a dificuldade de atrair mais consumidores, em razão das poucas vagas de estacionamento disponíveis na região. Nesse sentido o projeto inclui a criação de novas vagas para automóveis.  

"São Paulo cresceu de uma maneira tumultuada e hoje tem muitos lugares com essa característica de falta de estacionamento. A tendência é buscar alternativas de descolamento e a futura estação do metrô ajudará a suprir tal necessidade do bairro, não apenas para comerciantes, mas principalmente para moradores", explica Jorge Duarte, presidente do Conselho de Desenvolvimento Local da FecomercioSP. 

A Federação ressalta que as revitalizações favorecem os comerciantes, que devem estar preparados para a novidade, empreendendo na estética, acessibilidade e qualidade de serviços e produtos. "Estar integrado à paisagem urbana trará destaque para os comércios e atrairá novos clientes", conclui Duarte.