Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Sustentabilidade

04/10/2021

Saiba como as pequenas empresas podem reduzir os gastos com energia elétrica

FecomercioSP disponibiliza material com diversas orientações para contornar o encarecimento da tarifa de eletricidade

Ajustar texto: A+A-

Saiba como as pequenas empresas podem reduzir os gastos com energia elétrica

E-book traz instruções para reduzir as despesas de energia
(Arte/Tutu)

O aumento da conta de energia elétrica, em razão do baixo volume de chuvas, tem peso substancial nos custos de produção das empresas. No caso dos estabelecimentos de menor porte em especial, a elevação da tarifa pode agravar consideravelmente as finanças dos negócios, ainda mais após um longo período de dificuldades geradas pela pandemia de covid-19.

Desta forma, amargar uma conta de energia mais cara pode não ser a melhor saída para as empresas que buscam se recuperar, voltar a auferir lucros e gerar empregos.

Veja também
Diante da crise hídrica, pequenas e médias empresas devem considerar adotar medidas de conservação de energia
Pequenos negócios pagam a conta da crise de energia, afirma Adriano Pires
Água da chuva e de reúso: veja se sua empresa pode ser beneficiada com o “IPTU verde”

Com isso, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), por meio do Conselho de Sustentabilidade (CS) e do Comitê Energia (CEn), produziu um e-book com dicas para contornar o aumento da tarifa de energia elétrica.

O material, intitulado Consumo eficiente de energia elétrica nos pequenos negócios, traz recomendações que podem ajudar a reduzir o valor da conta, apontando dicas sobre iluminação, equipamentos de refrigeração, dispositivos eletroeletrônicos, entre outros assuntos.

Diante do baixo nível dos reservatórios na atualidade, dificilmente cobranças adicionais na conta de energia elétrica serão revogadas a curto prazo. Portanto, não perca tempo e acesse o Fecomercio Lab para conferir o e-book com todas as recomendações.