Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Negócios

29/03/2018

Turismo em Embu das Artes é destaque na revista “C&S”

Com PIB de R$ 7,4 bi, Embu das Artes tem lojas de rua como fontes propulsoras da economia, empregando 7 mil pessoas direta ou indiretamente

Ajustar texto: A+A-

Turismo em Embu das Artes é destaque na revista “C&S”

800 mil visitantes passam pela região anualmente, segundo a prefeitura
(Arte/TUTU)

O turismo na cidade de Embu das Artes é destaque da edição de março/abril da revista Comércio & Serviços, editada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

O município, localizado a 30 quilômetros de São Paulo, fez do artesanato seu grande trunfo econômico, com destaque para venda de móveis rústicos, comércio de rua e museus.

Além disso, Embu das Artes, com 250 mil habitantes, é uma das 29 cidades paulistas que possui a chancela de estância turística do Governo do Estado: 800 mil visitantes passam pela região anualmente, segundo a prefeitura. Na prática, o título se traduz em uma fatia maior dos recursos repassados pelo governo para investimento em infraestrutura.

A reportagem da revista C&S explica, também, que um dos aspectos que justifica o movimento regular no local o ano todo é o calendário intenso de eventos, com feiras de artesanato em praças, festas temáticas e excursões a museus. Entre os atrativos estão a Feira de Artes e Artesanatos e o Museu de Arte Sacra dos Jesuítas, patrimônio histórico nacional, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1938.

Veja também:
Internet das Coisas é tema de destaque da revista “C&S”
Marília e São José do Rio Preto são destaques da revista “C&S”
Empresas tentam reduzir abandono de carrinho no e-commerce

As lojas de móveis de madeira rústica recebem compradores de todos os cantos do País. A loja Armazém Brasil, com mais de 20 anos na produção e vendas de móveis, é referência no segmento e realiza projetos personalizados que buscam valorizar a matéria-prima e o estilo do cliente. Além dos itens tradicionais, a loja também oferece uma linha moderna com traços mais retos, design arrojado e misturas de materiais como vidro, ferro e aço inox.

Os dados do comércio dão a dimensão da importância da cidade: com Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 7,4 bilhões, Embu das Artes sempre teve as lojas de rua como importantes fontes propulsoras de sua economia, empregando 2 mil pessoas diretamente e outras 5 mil indiretamente.

A hotelaria também se destaca na região: são dois hotéis especializados em convenções, um hotel-fazenda, sete pousadas e um albergue com opção de cama e café.

A revista C&S conta também que os turistas têm algumas opções de transporte para chegar a Embu das Artes. Quem vai com carro, partindo de São Paulo, tem fácil acesso pelas rodovias Régis Bittencourt (BR-116) e Raposo Tavares. Há também ônibus fretados que saem das principais rodoviárias e terminais viários paulistanos. A alternativa mais econômica é o ônibus intermunicipal.

Leia a reportagem completa na edição 55 da revista C&S aqui.