Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Negócios

24/04/2017

Cadeia do setor de turismo pode aproveitar ano com muitos feriados

Ministério do Turismo estima que feriados injetem R$ 21 bilhões na economia neste ano

Ajustar texto: A+A-

Cadeia do setor de turismo pode aproveitar ano com muitos feriados

Ao todo, serão cerca de 10,5 milhões de viagens no País neste ano que vão amenizar a perda de outros setores 
(Tutu)

Em 2017, muitos feriados, por caírem em terças ou quintas-feiras, criarão pontes nos dias anteriores ou subsequentes. A somatória desses dias resulta em quase dez semanas com feriados neste ano. Para alguns setores, como a indústria e o comércio, essa sequência é negativa, pois reduz a carga horário de trabalho e, consequentemente, o faturamento e a lucratividade das empresas. Contudo, o turismo e sua cadeia podem se beneficiar.

Varejo paulista deve perder R$ 3,8 bilhões em 2017 com feriados

De imediato, destacam-se as companhias aéreas, de ônibus, agências de viagem e outros segmentos ligados ao turismo. De acordo com a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), o turismo impulsiona outras 52 áreas, seja direta ou indiretamente, inclusive o varejo.

Em cidades litorâneas, as atividades que demonstram melhor desempenho são as relacionadas ao artesanato e alimentação. Em seguida, aparecem as turísticas, como hospedagens e passeios.

Ao todo, serão cerca de 10,5 milhões de viagens no País neste ano que vão amenizar a perda de outros setores. Segundo o Ministério do Turismo, os feriados prolongados devem injetar R$ 21 bilhões a mais na economia.

Estudo do mesmo ministério aponta que o feriado que deve gerar maior impacto positivo neste ano é o Dia de Nossa Senhora Aparecida, em 12 de outubro, data em que também é celebrado o Dia das Crianças. A estimativa é de que cerca de R$ 3,9 bilhões serão movimentados na ocasião.

Comércio
Quem costuma sofrer com os feriados é o empresário do comércio das grandes cidades. No entanto, com planejamento é possível minimizar os efeitos negativos.

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) aconselha o empresário a se programar para comprar produtos e insumos que tenham relação com as datas comemorativas.

Uma dica é realizar campanhas promocionais e ofertar produtos que podem ser utilizados nas cidades de destino, como protetor solar, toalhas de banho, cosméticos e acessórios.

Para o comércio eletrônico, por sua vez, os feriados trazem oportunidades. São dias propícios para a divulgação de promoções em redes sociais, pois os consumidores terão mais tempo disponível para acompanhar as ofertas e conhecer os produtos.