Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Negócios

12/04/2021

Carro por assinatura pode ser vantajoso para o MEI

Calcule os gastos e veja se é um bom negócio para você

Ajustar texto: A+A-

Carro por assinatura pode ser vantajoso para o MEI

Para quem tem o hábito de trocar de veículo em período inferior a dois anos, o serviço pode ser vantajoso
(Arte: TUTU)

Os Microempreendedores Individuais (MEIs) que utilizam o veículo na rotina de trabalho podem encontrar uma solução no serviço de carro por assinatura, oferecido pelas principais locadoras, seguradoras e montadoras de automóveis.

O modelo pode ser vantajoso para os profissionais que trabalham com vendas, entregas e prestação de serviços na residência dos clientes. Entretanto, é importante estar ciente de que os gastos com esse meio de transporte podem comprometer uma boa parte da renda. Assim, é preciso calcular bem antes de assumir mais um compromisso.

Fique por dentro de outras dicas úteis para o empresário
Faça um planejamento levando em conta as forças e as fraquezas da empresa para crescer
Calcule o grau de endividamento para uma melhor administração financeira da empresa
Seis erros comuns no fluxo de caixa que afetam o dinheiro da sua empresa

Funcionamento

Ao contratar o serviço, ficam determinados período de assinatura, quilometragem máxima e informações como condutores adicionais. Diferentemente do aluguel de veículos, o cliente recebe um carro zero-quilômetro e pode ficar despreocupado quanto a emplacamento, impostos, manutenção e seguro – tudo incluso na mensalidade. Outra vantagem é que se o veículo quebrar, um automóvel reserva é oferecido, e o cliente não perde oportunidades de trabalho enquanto o veículo estiver no conserto.

Para quem tem o hábito de trocar de veículo em período inferior a dois anos, o serviço pode ser vantajoso, pois é nesse período que a taxa de depreciação é maior. Além disso, deve-se considerar que se a compra de um possível carro for à vista, o dinheiro poderia ser destinado a uma aplicação financeira, rendendo juros para você. Se o veículo for financiado, você está pagando juros ao mesmo tempo que o bem está se desvalorizando. Adicionalmente, a partir de dois anos de uso, o custo de manutenção do veículo aumenta consideravelmente.

Despesa

Para o MEI e o pequeno empresário, é inevitável que o veículo também seja utilizado em questões familiares, como compras, viagens e deslocamentos em geral. Nestes casos, é importante tentar separar as despesas do veículo quando utilizado pela empresa e quando utilizado pela família, já que os valores gastos com o veículo impactam no lucro.

Então, para avaliar se esse tipo de serviço é favorável para você, responda às seguintes perguntas. Quantos quilômetros o carro vai rodar mensalmente? Qual modelo de veículo eu necessito (compacto, SUV, sedã, etc.)? Quanto tempo vou ficar com o veículo? Outras pessoas vão usá-lo? A FecomercioSP fez uma pesquisa nos sites dos principais players destes serviços: os valores partem de cerca de R$ 900 e o período de assinatura varia entre 12 e 48 meses. Quanto maior o tempo de contrato, menor a mensalidade.