Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Economia

13/05/2020

Economia pode ser marcada por nova recessão devido ao covid-19

O presidente do Conselho de Economia Empresarial e Política, Antonio Lanzana, fala do cenário previsto pós-pandemia

Ajustar texto: A+A-

Economia pode ser marcada por nova recessão devido ao covid-19

Lanzana também destaca a possibilidade do aumento da informalidade e da necessidade de o Poder Público criar medidas adicionais de estímulos à economia
(Arte: TUTU)

As estimativas para a economia brasileira nos próximos meses são desanimadoras devido aos impactos da pandemia do covid-19, bem como à incerteza da retomada do consumo. “Trabalhamos no conselho com a projeção de queda de 5% do PIB [Produto Interno Bruto], mas isso pode ser revisto porque não sabemos quanto tempo dura o isolamento e nem a pandemia”, diz o presidente do Conselho de Economia Empresarial e Política, Antonio Lanzana, em entrevista ao podcast FecomercioSP.

Além dos problemas atuais enfrentados pelas micros, pequenas e médias empresas como a falta de acesso ao crédito para capital de giro e financiamento da folha de pagamento, vale destacar a necessidade de obter dinheiro para pagar aluguel e comprar insumos. Esses problemas vão permanecer ao longo do ano, com o agravamento do comportamento do consumidor que estará mais cauteloso com os gastos.

Assista: recuperação econômica brasileira após pandemia é uma incógnita

“O consumidor vai continuar receoso com a pandemia mesmo quando a quarentena acabar. Logo, a percepção de risco vai estar presente nas relações de consumo. Aliado a isso, a renda do consumidor já registra queda por causa do aumento no desemprego e da flexibilização de salários. Esse cenário indica que esse consumidor não vai querer fazer dívidas”, afirma Lanzana.

Na entrevista, o economista e presidente do Conselho de Economia Empresarial e Política também fala da possibilidade do aumento da informalidade e da necessidade de o Poder Público criar medidas adicionais de estímulos à economia.

Ouça o podcast:

O conteúdo também está disponível aqui.