Economia

28/09/2018

Índice de Expansão do Comércio caiu 1,6% em setembro, na comparação interanual, algo que não ocorria desde junho de 2016

Segundo a FecomercioSP, no comparativo mensal, no entanto, indicador apontou leve crescimento de 0,2%

São Paulo, 28 de setembro de 2018 – O Índice de Expansão do Comércio (IEC), calculado mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), ficou praticamente estável em setembro, com leve crescimento de 0,2% em relação a agosto, passando de 94 pontos para 94,2 pontos. O resultado interrompe uma série de três quedas consecutivas. Na comparação com o mesmo mês do ano passado indicador voltou a recuar, -1,6%, algo que não ocorria desde junho de 2016, mostrando provável reversão do quadro: no mês passado se manteve estável e agora a primeira queda efetiva.

O cenário negativo também é notado em relação ao item que mede a propensão a investir, que registrou queda de 3,4% em relação ao mês passado, a quarta consecutiva, passando de 78,2 pontos para os atuais 75,6 pontos. Já na comparação com setembro de 2017, quando apresentava 74,5 pontos, teve crescimento de 1,4%.

O item que mede a expectativa de novas contratações interrompeu a sequência de três recuos consecutivos no comparativo mensal e apontou crescimento de 2,8%, atingindo 112,8 pontos ante os 109,7 pontos vistos em agosto. Porém, segundo a assessoria econômica da FecomercioSP, se comparado com o mesmo mês do ano passado o indicador caiu 3,6%, o terceiro recuo seguido. Vale lembrar que a partir de agora, a tendência da intenção de empregar, pelo menos na margem, é de alta, por conta da proximidade com o Natal.

Para a Entidade, o resultado do IEC de setembro consolida o quadro de desalento que deve prevalecer até o resultado das eleições e, talvez até um pouco adiante quando as escolhas de ministros e as propostas do novo presidente eleito sejam mais conhecidas. Antes disso alguns indicadores devem mostrar divergências, com pequenas alterações para cima e para baixo, mas não haverá efetivamente a configuração de uma tendência explícita e evidente.

Nota metodológica
O Índice de Expansão do Comércio (IEC) é apurado mensalmente pela FecomercioSP desde junho de 2011, com dados de cerca de 600 empresários. O indicador vai de zero a 200 pontos, representando, respectivamente, desinteresse e interesse absolutos em expansão de seus negócios. A análise dos dados identifica a perspectiva dos empresários do comércio em relação a contratações, compra de máquinas ou equipamentos e abertura de novas lojas. A pesquisa é referente ao município de São Paulo, mas sua base amostral reflete o cenário da região metropolitana.