Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Negócios

27/04/2021

Novidades do PIX para 2021 beneficiam empresários

Inclusão da conta-salário nas movimentações com a tecnologia, integração da agenda telefônica, saque PIX e opção por aproximação são algumas das novas funcionalidades

Ajustar texto: A+A-

Ouvir Texto:

00:00 00:10
Novidades do PIX para 2021 beneficiam empresários

Para o Microempreendedor Individual, que tem apenas um empregado, o PIX pode ser uma boa alternativa
(Arte: TUTU) 

Apesar dos desafios impostos em 2021 aos varejistas – com a continuidade da pandemia e o endurecimento das regras do Plano São Paulo, por exemplo –, algumas facilidades permitidas pela tecnologia devem tornar mais prática a rotina dos empreendedores brasileiros, melhorando, inclusive, o seu fluxo de caixa. Isso porque o Banco Central (BC) vem trabalhando com uma agenda evolutiva para o PIX, que prevê a implementação de novos recursos, como a inclusão da conta-salário na lista de contas movimentáveis neste meio de pagamento eletrônico.

Atualmente, somente as contas correntes, de poupança e de pagamento pré-pago estão autorizadas a operar conta-salário. Por isso, é preciso que haja mudanças na regulamentação para que esse tipo específico de conta seja incluída na lista de movimentáveis pelo PIX, ainda no primeiro trimestre deste ano.

Sabia mais sobre o PIX
Seis benefícios que o PIX trará ao seu negócio
Novo imposto digital pode inviabilizar o PIX; entenda como isso afetaria o comércio
Pagamentos com o PIX permitirão que comerciante receba instantaneamente; entenda

Apesar do anúncio do BC, ainda não há mais detalhes sobre o impacto das mudanças para empresas e colaboradores. A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) destaca que a medida é positiva, pois permitirá que contas-salário recebam valores de qualquer CPF ou CNPJ, aumentando a competitividade do mercado.

A expectativa é que as empresas tenham acesso a pacotes de serviços em condições diferenciadas, impactando de forma positiva nas finanças do negócio. A nova regra também abre espaço para que empresas de contabilidade e gestão da folha de pagamentos possam o oferecer o serviço com condições diferenciadas.

Para os colaboradores, a medida trará mais flexibilidade caso queiram mudar de instituição financeira para receber o salário, bastando apenas realizar a portabilidade das chaves PIX, sem a necessidade de informar a empresa sobre eventuais mudanças.

Para o Microempreendedor Individual (MEI), que conta apenas com um empregado e, geralmente, realiza transferências bancárias com cobrança de tarifa, o PIX pode ser uma boa alternativa, reduzindo custos e agilizando o processo.

Outra possível funcionalidade é a integração dos aplicativos das instituições à lista de contatos nos smartphones, que, além de aperfeiçoar a experiência do consumidor, facilitaria a identificação dos usuários que aparecem nos contatos e têm o celular cadastrado como chave PIX.

Outra novidade prevista para 2021 é a criação de um mecanismo de devolução de recursos, pelo prestador de serviços de pagamentos do recebedor, em caso de confirmada suspeita de fraude ou falha operacional nos sistemas das instituições participantes.

Isso vai promover uma proteção adicional aos usuários e aumentar a eficiência para a devolução de recursos indevidamente creditados. Hoje, o usuário pode alterar o valor a ser pago ou cancelar a transação apenas antes da confirmação do pagamento. Após isso, como a liquidação ocorre em tempo real, a transação não pode ser cancelada, cabendo às partes a devolução do dinheiro. A devolução é uma funcionalidade disponível no PIX e sempre iniciada pelo próprio recebedor.

Confira, a seguir, as outras novidades programadas.

*saque PIX: proporcionará ao consumidor mais uma opção de obter dinheiro em espécie, expandindo os pontos de atendimento para este serviço. Além disso, permitirá o reuso do dinheiro no estabelecimento comercial, contribuindo para melhorar a gestão do fluxo de caixa. Por outro lado, é preciso que o Banco Central defina as regras de como esse serviço será prestado pelo estabelecimento comercial, considerando que o volume de papel moeda no comércio é menor nos dias atuais e o potencial aumento de roubos.   

*PIX por aproximação: pensando na experiência do consumidor, o cliente poderá aproximar o celular a uma maquininha de cartão e debitar o valor por meio do PIX, facilitando o uso do meio de pagamento.

*iniciador de pagamentos no PIX com desenvolvimentos que seguirão cronograma estabelecido do Open Banking: permitirá que os fornecedores de pagamentos possam ser participantes do PIX, tão logo todas as especificações técnicas do Open Banking estejam implantadas, agregando ainda mais à competitividade do mercado.

*PIX garantido: permitirá que sejam realizados pagamentos parcelados, trazendo uma função similar ao cartão de crédito. Esta funcionalidade pode potencializar o uso do PIX no varejo, já que hoje, os pagamentos são realizados à vista.