Legislação

31/05/2019

“Problemas Brasileiros” questiona por que o brasileiro paga tantos impostos

Edição n.º 452 também traz entrevista com o ex-embaixador em Washington Rubens Ricupero e relatos de vítimas de trabalho escravo no País

“Problemas Brasileiros” questiona por que o brasileiro paga tantos impostos

Publicação bimestral pode ser encontrada nas melhores bancas e livrarias do País
(Arte: TUTU)

A revista Problemas Brasileiros questiona na matéria de capa da edição de número 452 por que o brasileiro paga tantos impostos. O destaque principal da edição de junho/julho aponta que o País tem carga tributária igual à de nações ricas, mas o contribuinte não tem retorno do dinheiro desembolsado.

Em 2018, cada brasileiro trabalhou, em média, 153 dias para pagar os impostos federais, estaduais e municipais, e estudo feito pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT) desde 2011 classifica o Brasil como o pior país – em ranking de 30 que mais tributam – quanto a retorno de benefícios para a população dos impostos pagos.

Veja também:
Proposta de simplificação tributária prevê pagar tributo com crédito de outro
CAT discute Código de Defesa do Contribuinte da capital paulista com presidente da Câmara Municipal
“Simplificação tributária é a bola da vez”, afirma diretor do Confaz em reunião do CAT

Especialistas ouvidos pela reportagem apontam que a carga tributária nacional é do tamanho das despesas e que as isenções, os incentivos fiscais e os litígios tributários provocam grande impacto nas contas públicas.

Uma das maneiras de desafogar essa carga é promover mudanças no sistema tributário. A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) contribui para a temática ao sugerir 12 anteprojetos de simplificação tributária. Os anteprojetos, elaborados por meio do Conselho Superior Direito, foram entregues à Secretaria da Receita Federal e da Previdência no início de 2019. As medidas dispensam alteração constitucional e prometem desburocratizar o ambiente de negócios brasileiro.

A edição também traz a entrevista realizada pelo UM BRASIL com o ex-embaixador em Washington e ex-ministro da Fazenda, Rubens Ricupero. Na conversa, ele fala que enfrentar a herança da desigualdade é o maior desafio do Brasil no século 21. O diplomata aposentado também avalia as mudanças pelas quais o Brasil passou no século 20, com o boom demográfico e as altas taxas de analfabetismo.

Em outra reportagem, o leitor descobre como vivem as vítimas do trabalho escravo no País. Situações como essa são comuns em São Paulo, e as principais vítimas são os bolivianos, que chegam ao Brasil seduzidos por propostas enganosas.

A publicação traz ainda o perfil da pintora Tarsila do Amaral feito pelas mãos do jornalista e escritor Jorge Caldeira. Ele analisa a obra da artista e afirma que ela dominou a técnica modernista mais avançada para registrar o “óbvio” ao redor como arquétipos e que a técnica usada pela pintora permitiu que suas imagens pessoais impactassem também os vanguardistas do tempo.

Problemas Brasileiros é uma publicação bimestral que pode ser encontrada nas melhores bancas e livrarias do País.