Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Economia

19/02/2018

Saúde traz desafios enormes para gestão pública, afirma Marília Louvison

Em entrevista ao UM BRASIL, a médica sanitarista comenta sobre os problemas existentes no Sistema Único de Saúde (SUS)

Ajustar texto: A+A-

Saúde traz desafios enormes para gestão pública, afirma Marília Louvison

"A questão é garantir um tempo digno", diz Marília sobre o tempo de espera para atendimento no sistema de saúde público 
(Foto: Christian Parente)

A saúde como direito de todos e dever do Estado traz desafios enormes para a gestão pública, enfatiza a médica sanitarista e professora da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP), Marília Louvison. Em entrevista ao UM BRASIL, ela fala com Humberto Dantas e Fernando Coelho sobre o papel dos municípios em relação à oferta da saúde pública para os cidadãos.

A especialista participa da oitava aula do curso digital Desafios da Gestão Municipal no Brasil, produzido em parceria com a Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH-USP).

Veja também:
Projetos que ampliam acesso a oftalmologistas em regiões remotas do Brasil são tema de reportagem da revista “Problemas Brasileiros”
Presidente do Albert Einstein discute modernização da saúde
A cidade é um organismo em permanente construção, diz Lacir Baldusco

Louvison comenta sobre os problemas existentes no Sistema Único de Saúde (SUS), como a fila de espera por atendimento. "A questão não é zerar a fila, mas garantir um tempo digno. Todos os países com sistema universal (de saúde) têm fila", disse Louvison.

Para a médica sanitarista, investir na expansão da Estratégia Saúde da Família (ESF) tem que continuar sendo a grande aposta das cidades brasileiras, principalmente dos pequenos munícipios. A ação visa à mudança do modelo centrado no médico para o modelo focado na integralidade da assistência.

“A Estratégia Saúde da Família faz uma aposta no cuidado, mas, para isso, preciso ter a contratação de equipes, preciso ter uma equipe de apoio como o Nasf [Núcleo de Apoio à Saúde da Família]. Preciso incluir uma equipe multiprofissional”, detalha.

As aulas – ministradas na EACH-USP durante o primeiro semestre de 2017 – compõem a série que discute temas como segurança pública, saúde, educação, turismo, democracia participativa, cultura e mobilidade, entre outros assuntos. Ao todo, são 13 aulas que serão divulgadas no portal da FecomercioSP semanalmente.

Confira a entrevista na íntegra: