Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Economia

14/04/2014

Tecnologia muda comportamento dos jovens em relação à mobilidade

Finalista do Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade aborda o impacto do comportamento dos jovens na mobilidade urbana

Ajustar texto: A+A-

Tecnologia muda comportamento dos jovens em relação à mobilidade

O jornalista Felipe Daroit e o publicitário Andrey Damo são os responsáveis pelo vídeo “A mudança de comportamento e novas perspectivas”, veiculado em meados de 2013 no site da Rádio Gaúcha e de empresas pertencentes ao grupo de comunicação RBS. O trabalho, que é finalista na categoria Online do 4º Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade, foi realizado ao longo de cinco meses, período no qual foram ouvidas nove fontes – três delas do exterior: Estados Unidos, Equador e Chile.

O vídeo explora as mudanças de comportamento da juventude diante do atual mundo conectado e o impacto disso para o futuro da mobilidade urbana. Daroit conta que a ideia do vídeo surgiu a partir da observação das atitudes dos jovens moradores das capitais, em especial de Porto Alegre, onde ele e Damo vivem. A proposta era mostrar, inclusive, como as novas tecnologias impactam na forma de os jovens se deslocarem nas cidades.  “Com o uso de smartphones, eles estão mais conectados, são mais imediatistas, e não querem perder tempo em congestionamentos”, comenta o jornalista. 

“Muitos não sonham mais com o carro próprio como ocorria no passado. Primeiro, quisemos mostrar que está havendo uma mudança. Depois, projetamos o futuro”, acrescenta. Na reportagem, a dupla faz uma projeção de como será a mobilidade urbana daqui a alguns anos. “Pegamos como exemplo cidades que já passaram pelo processo que o Brasil atravessa e estão muito avançadas em termos de mobilidade e sustentabilidade".

O jornalista afirma ainda que, apesar de ter oito minutos de duração (o que poderia ser considerado longo para os padrões de agilidade exigidos pela internet), o vídeo possui uma linguagem rápida e dinâmica. “O assunto por si só já é muito relevante. É teoricamente novo no Brasil. Não é muito abordado na grande mídia”, pondera Daroit.

Daroit, de 29 anos, nasceu em Nova Bréscia, Vale do Taquari (RS) e é formado em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS). Desde 2006 trabalha na Rádio Gaúcha como setorista na área de trânsito.