Editorial

17/03/2016

Apelo ao bom senso

Federação declara apoio a todos os que lutam pela democracia e contra a corrupção que manchou a história do nosso País.

Apelo ao bom senso

Federação declara apoio a todos os que lutam pela democracia e contra a corrupção que manchou a história do nosso País.
(Rubens Chiri)

Diariamente, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) divulga indicadores econômicos que apontam os resultados do desempenho da nossa economia. Com essa base, previmos a chegada dessa enxurrada diária de dados econômicos negativos que comprovaria a ineficiência da condução econômica até chegarmos ao agravamento da crise política que se abateu sobre o Brasil.

Divulgar esses dados é uma prestação de serviços obrigatória para toda a sociedade. No entanto, muitas entidades, assim como nós, tiveram suas análises ignoradas pelos responsáveis pela condução politica e econômica do País, levando a crise ao patamar que se encontra.

Hoje, temos um governo que ignora a voz das ruas, de suas entidades empresariais, de suas instituições, e ainda trata o bem público como coisa privada. Grupos se engalfinham na luta pelo poder e olham para o Estado com o único objetivo de satisfazer seus próprios interesses.

As possibilidades de se encontrar uma saída para superar a recessão, a quebra de empresas, o desemprego massivo e a inflação que ameaçam as conquistas econômicas e sociais de milhões de pessoas encontram-se hoje bloqueadas pelo caos político instalado em todas as esferas decisórias do País.  

Diante desse quadro, a FecomercioSP, suas coordenadorias regionais e seus 157 sindicatos filiados, espalhados por todo o Estado de São Paulo, ao lado da maioria do povo brasileiro, dos empresários e trabalhadores que precisam de paz para produzir, conclama todas as personalidades e forças políticas da Nação, sem exceção, para que deixem de mirar seus interesses particulares e grupais.

Nós não vamos deixar de apresentar os nossos dados e vamos lutar para que a economia volte a ser justa para o Brasil. Assim como acreditamos que a voz das ruas não deve jamais se calar. Chega de sermos ignorados e desconsiderados. Precisamos retomar a nossa confiança e fazer valer o nosso esforço que não poderá ter sido em vão.

Nesse momento é preciso unir forças para tirar o Brasil do atoleiro. Basta de interesses mesquinhos, personalistas e individuais. É hora de pensar e agir com generosidade e grandeza, pelo bem da Nação.

Com isso, declaramos o nosso apoio a todos os que lutam pela democracia e contra a corrupção que manchou a historia do nosso País.