Editorial

11/01/2019

Com Viviane Pasmanter e Marcello Airoldi, peça “Amor Profano” estreia no Teatro Raul Cortez

Espetáculo aborda embate entre a dúvida e a fé permeado por amor e paixão

Com Viviane Pasmanter e Marcello Airoldi, peça “Amor Profano” estreia no Teatro Raul Cortez

Atores interpretam casal que vive instigante história de amor
(Arte: TUTU sobre foto de Priscila Prade/divulgação)

Escrita pelo autor israelense Motti Lerner, o espetáculo Amor Profano estreia no dia 19 de janeiro no Teatro Raul Cortez, na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Criados em uma comunidade ultraortodoxa judaica em Jerusalém, a peça conta a história de Hannah (Viviane Pasmanter) e Zvi (Marcello Airoldi), um casal que se reencontra pela primeira vez após 20 anos de seu traumático divórcio, quando Zvi resolveu abandonar as leis religiosas e seguir uma vida secular.

No reencontro, um triângulo amoroso surge, no qual Deus é considerado o terceiro protagonista. Com isso, os dois terão de confrontar o amor, a fé, as suas escolhas e os seus temores mais profundos, além do despertar da paixão.

Com direção de Einat Falbel, o espetáculo promete provocar no público uma profunda reflexão sobre a complexidade humana.

A peça tem duração aproximada de 80 minutos e fica em cartaz até o dia 24 de fevereiro, às sextas e sábados, às 21h; e aos domingos, às 19h. A classificação é de 12 anos.

Além disso, às sextas-feiras, as apresentações terão livreto com texto descritivo em braile – disponível por um aplicativo para dispositivos móveis –, além da presença de um intérprete de Libras. 

Serviço 
Data: de 19 de janeiro a 24 de fevereiro 
Sextas e sábados, às 21h; domingos, às 19h 
Ingressos: R$ 60 e R$ 40 (sexta); R$ 70 e R$ 50 (sábado e domingo)
Teatro Raul Cortez – Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – Bela Vista, São Paulo (SP)