Sustentabilidade

16/03/2018

Conheça os finalistas da 6ª edição do Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade

Finalistas concorrem nas categorias Empresa, Entidade Empresarial, Indústria, Órgão Público, Academia e Jornalismo

Conheça os finalistas da 6ª edição do Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade

Premiação analisa as ações voltadas para o equilíbrio do planeta, levando em conta os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)
(Arte: TUTU)

A sexta edição do Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade divulgou a lista dos 18 finalistas da premiação que estimula a sociedade brasileira nas ações voltadas para o equilíbrio do planeta, levando em consideração a inovação e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU).

O prêmio se destina às categorias Empresa, Entidade Empresarial, Indústria, Órgão Público, Academia e Jornalismo. Os vencedores serão revelados durante a cerimônia de premiação, no dia 3 de maio. Os trabalhos vencedores de cada categoria receberão títulos de capitalização ou previdência no valor de R$ 15 mil.

Conheça abaixo os projetos selecionados.

Empresa

- Projeto pioneiro na reciclagem automotiva, que desmonta carros em fim de vida útil, mediante um processo sustentável e legalizado, da Renova Ecopeças, empresa do grupo Porto Seguro;

- Projeto Fazenda Solar, iniciativa pioneira e inovadora que propõe uma nova maneira de gerar energia, da empresa Órigo Energia (EBES Sistemas de Energia S.A.); e

- REVIVA, programa da Via Varejo voltado para reciclagem, apoio à Logística Reversa e destinação ambientalmente adequada dos resíduos sólidos gerados em sua operação.

Entidade Empresarial

- Sistema de Gestão Ambiental Integrado da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo (Arisp), responsável pela implantação de ações socioambientais que atingem mais de 6 mil funcionários e uma média de 31 mil pessoas, que passam pelos cartórios diariamente;

- Panorama dos Resíduos Sólidos do Brasil 2016, projeto realizado pela Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), resultando em uma publicação anual considerada a principal fonte de dados sobre gestão de resíduos sólidos; e

- Prêmio Braztoa de Sustentabilidade, projeto da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo, que reconhece, destaca e promove atitudes e iniciativas sustentáveis, estimulando a cadeia do turismo a agir de maneira ambientalmente responsável, socialmente justa e economicamente viável.

Indústria

- Zumpy-Mobilidade Sustentável, aplicativo para smartphones, com versões para Android e iOS, que busca reduzir a quantidade de veículos nas ruas, permitindo que as pessoas com o mesmo destino se locomovam juntas em segurança; o projeto é de autoria da Visual Virtual Computação Gráfica;

- ColOff, acessório que permite a coleta de exame parasitológico com um método humanizado e sustentável, da empresa que leva mesmo nome; e

- Iniciativa que viabiliza a reciclagem de embalagens plásticas contaminadas com óleo lubrificante e vegetal, com benefícios socioambientais e econômicos, por meio de uma tecnologia limpa e ecológica, de responsabilidade da Eco Panplas;

Órgão Público

- Coleta Seletiva Inclusa, projeto que promove a educação ambiental com base nos equipamentos públicos da Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte (CE);

- Programa Adoção de Praças e Áreas Verdes, plano que integra a Política Ambiental do Município de Fortaleza (CE), promovendo a participação da sociedade na urbanização, nos cuidados e na manutenção de praças públicas, parques municipais, canteiros, áreas verdes ou jardins e outras áreas em conjunto com o Poder Público; e

- Programa Águas Integradas - Projeto de Educação Ambiental nas Áreas Rurais de Itabirito (MG), que visa conscientizar a população rural sobre as temáticas ambientais, minimizando impactos negativos causados por atividades comuns no meio. Ação realizada em escolas e na área rural.

Academia

- Invesciente, simulador online de impacto da precificação de carbono. A ferramenta, que tem como responsável o mestrando Rodrigo Martins Campos de Oliveira, tem como objetivo conscientizar investidores e empresários sobre o tema, que já é realidade em outros países;

- Meninas Sustentáveis, programa de Mato Grosso criado e desenvolvido juntamente com a unidade Senai como uma proposta de educação científica transformadora, no qual alunas de graduação e de ensino médio são desafiadas a interagir com importantes questões ligadas diretamente aos ODS específicos; de autoria do professor Márcio Andrade, da Universidade Federal de Mato Grosso; e

- Cia de Teatro e Audiovisual Wooleefer, em que os atores iniciantes podem se qualificar com as aulas de teatro humanizado gratuitamente, facilitando a inserção no mercado de trabalho por meio de realizações teatrais, audiovisuais e fotográficas. Projeto desenvolvido por Herik Wooleefer, estudante da Universidade Estácio de Sá.

Jornalismo

- Especial online “Violências Invisíveis”, da repórter Jéssica Gonçalves, da Tribuna do Ceará, que conheceu de perto a realidade de uma das áreas que integram a lista de assentamentos precários no bairro Arraial Moura Brasil;

- “Zika Vírus – uma ameaça mundial”, conjunto de reportagens online das repórteres Silvia Cunha e Alice de Souza, do Diário de Pernambuco, que repercute o surto de zika e microcefalia; e

- “Pesquisas que transformam: jovens criam itens sustentáveis para construção civil”, reportagem online dos jornalistas Madysson Lira e Jamylle Aragão, da Gazetaweb, de Alagoas, que conta como estudantes desenvolveram tijolos e placas de concreto ecológicos, mais resistentes do que os convencionais.