Editorial

30/08/2018

FecomercioSP completa 80 anos e trilha caminho de conquistas para a economia de São Paulo e do País

Entidade criada em 1938 se reinventa continuamente para acompanhar o dinamismo das mudanças econômicas, jurídicas, sociais e políticas

FecomercioSP completa 80 anos e trilha caminho de conquistas para a economia de São Paulo e do País

Entidade criada em 1938 promove o desenvolvimento dos setores que representa e, consequentemente, gera o crescimento econômico do Brasil
(Arte: TUTU)

Buscar os melhores caminhos para aumentar a competitividade no maior Estado brasileiro e orientar o empresariado para que se fortaleça e cresça de forma consistente: seguindo essa premissa, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) completa 80 anos no dia 30 de agosto.

A Entidade promove o desenvolvimento dos setores que representa e, consequentemente, gera o crescimento econômico do Brasil. Criada em 1938, a FecomercioSP se reinventa continuamente para acompanhar o dinamismo das mudanças econômicas, jurídicas, sociais e políticas.

Essa capacidade de compreender mudanças é percebida até no nome da Entidade, antes chamada “Federação do Comércio do Estado de São Paulo” e que, anos mais tarde, integrou os segmentos de serviços e turismo. Atualmente, congrega 137 sindicatos filiados patronais que respondem por 30% do PIB paulista – cerca de 10% do PIB brasileiro – e geram em torno de 10 milhões de empregos.

Aberta ao diálogo e à criação de ambientes de discussão, seus 12 conselhos e grupos de trabalho fazem a diferença, na defesa de temas que impactam positivamente o desenvolvimento político, econômico e social. Da mesma forma, combatem medidas que prejudicam o desenvolvimento do País, em especial, do comércio, um dos grandes propulsores da economia.

“Representar o comércio significa lutar pela criação de empregos, pela geração de renda, por inovação e crescimento social. Significa estar à frente de causas capazes de mudar os rumos de toda uma sociedade em busca do progresso. Ao longo de seus 80 anos, a FecomercioSP lutou e continuará lutando em prol de bandeiras que fortaleçam cada vez mais o empresário do comércio, para que ele tenha sempre os melhores recursos na oferta de seus produtos e serviços, com qualidade, ética e respeito ao consumidor”, diz Abram Szajman, presidente da FecomercioSP.

Sesc e Senac
A Federação também administra o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), que, juntas, somam 84 unidades no Estado.

A crescente expansão e a qualidade incontestável dessas instituições mostram a preocupação da Federação com educação, cultura e lazer.

Lutas e conquistas
Desde sua fundação, a FecomercioSP se posiciona em defesa de seus filiados. Em plena ditadura militar foi contra os monopólios e a favor da desestatização da economia.

Pioneira na pesquisa da conjuntura econômica no País, seus estudos sobre a corrosão inflacionária levaram a mudanças na periodicidade do reajuste salarial (de anual para semestral) e na correção da tabela de desconto do imposto de renda na fonte.

Além disso, liderou a campanha que resultou na criação de um regime tributário diferenciado para as pequenas e microempresas, a chamada “Lei do Simples”, e participou da elaboração e implantação do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Pediu o fim da CPMF – o “imposto sobre o cheque” – e ajudou a fundar o Conselho Estadual de Defesa do Contribuinte (Codecon), que defende o contribuinte do Estado de São Paulo.

A Entidade segue a favor das reformas estruturais no Brasil por entender que esse é o principal caminho para que o País possa avançar.