Negócios

04/07/2018

FecomercioSP lança cartilha com orientações para exportação de serviços

Material explica como empresas brasileiras podem ofertar seus serviços fora do País

FecomercioSP lança cartilha com orientações para exportação de serviços

Cartilha traz informações sobre os trâmites necessários para exportação de produtos intangíveis
(Arte/Tutu)

Quando se fala em exportação, é comum pensar na venda de mercadorias para outros países. Contudo, o comércio internacional não se limita à venda de bens, envolvendo também transações de produtos intangíveis entre vendedor e consumidor domiciliados em países distintos. Em outras palavras, trata-se da exportação de serviços, uma área ainda pouco explorada, mas de grande potencial, pelas empresas brasileiras.

Para ajudar os empresários do setor de serviços a internacionalizarem seus negócios, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) lança a cartilha O que você precisa saber para exportar. O material traz um breve panorama das exportações de serviços no mundo e as diferentes formas de exportação, além de um passo a passo para comerciar com outras nações.

Veja também
Revista “Comércio & Serviços” traz matéria de capa sobre exportação
Exportações brasileiras sofrem com falta de acordos comerciais do País, aponta estudo da FecomercioSP
Sucesso internacional da Havaianas envolve parcerias com distribuidores locais

No Brasil, a exportação de serviços está aquém de seu potencial. Basta ver pelos números: em 2016, as exportações do País somaram US$ 218 bilhões, sendo US$ 185 bilhões em mercadorias e menos de US$ 33 bilhões em serviços. Ou seja, o comércio de serviços com outros países corresponde a 15% das exportações brasileiras, porcentual abaixo da média mundial (25%). Na Espanha e nos Estados Unidos, por exemplo, o valor exportado proveniente dos serviços chega a 31% e 34%, respectivamente. Considerando todas as exportações de serviços no mundo, o Brasil responde por menos de 1% – precisamente 0,69%.

A cartilha da FecomercioSP põe à disposição dos empresários as informações sobre os trâmites necessários para exportação de produtos intangíveis, que são menos conhecidos do que os procedimentos para exportação de bens.

O material apresenta um plano de internacionalização, levando em conta a adaptação do serviço ao mercado-alvo. Também há considerações sobre a importância da promoção da empresa e dos serviços prestados no exterior e esclarecimentos sobre órgãos e entidades de apoio à exportação de serviços. A cartilha traz, ainda, informações a respeito de incentivos fiscais para exportadores e relaciona os documentos necessários para efetuação das vendas em mercados externos.

A FecomercioSP ressalta que exportar permite um maior crescimento da empresa, que se torna mais competitiva e lucrativa, além de torná-la menos vulnerável às oscilações do mercado interno. O empresário brasileiro tem um trunfo a seu favor: o mundo aprecia os serviços brasileiros, reconhecidos por sua criatividade, charme e competência de segmentos como o de tecnologia da informação.