Negócios

06/02/2019

Rodada de negócios reúne empresários da apicultura brasileira na Argentina em março

Agência Argentina de Investimentos e Comércio Internacional arcará com custos de passagens e hospedagem para empresários brasileiros

Rodada de negócios reúne empresários da apicultura brasileira na Argentina em março

Fecomercio Internacional afirma que o evento é uma oportunidade para o empresário brasileiro do setor conhecer uma espécie de mel diferente da nacional
(Arte: TUTU)

Empreendedores de pequeno, médio e grande portes que busquem importar e distribuir o mel argentino no Brasil terão oportunidade de fechar negócios na rodada internacional do setor apícola, que será realizada nas cidades de Buenos Aires e Maciá, na Argentina, entre os dias 20 e 23 de março.

De acordo com a Fecomercio Internacional, o evento é uma oportunidade para o empresário brasileiro do setor conhecer uma espécie de mel diferente da nacional – o clima argentino propicia uma grande variedade de recursos florais, permitindo a produção de mel com preço competitivo e alta qualidade.

Veja também:
Empresa de exportação se consolida durante crise econômica brasileira
KidZania ganha o mundo com modelo inovador de experiência para crianças
“América Latina é espaço para pequenas empresas entrarem no comércio exterior”, diz diretor do Itamaraty

Ao longo da rodada de negócios, os empresários brasileiros da apicultura terão uma agenda de reuniões com produtores argentinos. Cada encontro terá a duração máxima de 30 minutos e pode se estender por decisão do comprador.

O evento é organizado pela Agência Argentina de Investimentos e Comércio Internacional e a Secretaria de Produção do Governo de Entre Rios. As empresas brasileiras interessadas em participar da rodada de negócios devem solicitar o formulário de inscrição e a lista atualizada dos produtos oferecidos pelo e-mail comercialsanpablo@mrecic.gov.ar ou pelos telefones (11) 3897-9522/3897-9530. O formulário de inscrição deve ser enviado até o dia 8 de fevereiro para a Secretaria de Comércio Exterior da Argentina, no e-mail ttosca@produccion.gob.ar.

O perfil da empresa será analisado pela Agência Argentina de Investimentos e Comércio Internacional, responsável por arcar com os custos das passagens aéreas internacional e local (ida e volta em classe econômica/turista), hospedagem, traslados internos, seguro-viagem‎ para um representante e despesas com alimentação. O representante da empresa brasileira deve ser da diretoria, da área de importação ou de comércio exterior e ter poder de decisão na compra de produtos.