Editorial

20/02/2018

Sincomercio São Carlos estende coleta de pilhas e baterias a outras cidades da região

Campanha faz parte do sistema de Logística Reversa da FecomercioSP

Sincomercio São Carlos estende coleta de pilhas e baterias a outras cidades da região

As duas primeiras retiradas no Sincomercio São Carlos totalizaram cerca de 260 quilos de pilhas e baterias portáteis
(Arte: TUTU)

A coleta de pilhas e baterias pós-consumo segue com sucesso no Sindicato do Comércio Varejista de São Carlos (Sincomercio) em 2018. A cidade foi a primeira a aderir à campanha que faz parte do sistema de Logística Reversa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Na primeira retirada, foram cerca de 200 quilos de pilhas e baterias portáteis recolhidas entre comerciantes e clientes do comércio.

De acordo com o sindicato, após ter sido requisitada na Associação Brasileira da Indústria de Elétrica e Eletrônica (Abinee), a segunda retirada ocorreu no dia 1º de fevereiro, com cerca de 60 quilos de material coletado.

A campanha também foi estendida às cidades da  base territorial do Sincomercio, como Ibaté e Brotas, onde já foram recolhidos em 2017, respectivamente, cerca de 40 e 80 quilos de baterias portáteis, pilhas comuns de zinco – manganês, pilhas alcalinas e pilhas recarregáveis.

Veja também
Duzentos quilos de pilhas e baterias: São Carlos é 1ª cidade a requisitar retirada de material pelo sistema de Logística Reversa da FecomercioSP

“Neste ano, queremos orientar os comerciantes sobre a obrigatoriedade da Logística Reversa e conseguir que novos estabelecimentos comerciais participem da campanha em São Carlos e nas cidades-base do sindicato”, estima o presidente do Sincomercio, Paulo Gullo.

Para participar, o comerciante deve colocar uma caixa ou recipiente em seu estabelecimento e divulgar a importância da destinação correta desses produtos entre seus clientes. “Ao acumular cerca de 10 quilos, ele deve levar o material no Sincomercio São Carlos (Rua Riachuelo, nº 130, Centro). Após isso, a Abinee realiza a retirada e promove a destinação final ambientalmente adequada”, finaliza.

A adesão do comerciante é digital e está disponível na plataforma de logística reversa da FecomercioSP.