Sustentabilidade

05/06/2014

Supermercados "verdes" incentivam reciclagem e consumo sem desperdício

Empresa finalista do Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade cria soluções para reduzir e reciclar resíduos

Supermercados "verdes" incentivam reciclagem e consumo sem desperdício

Desde 2008, o Supermercado São Vicente investe em ações sustentáveis. Campanhas para incentivar a reciclagem, estímulo ao consumo consciente e uma série de outras ações para atender os Princípios Fundamentais do Varejo Responsável foram implementadas nas 20 lojas da rede e gerenciadas pela Ecosuporte Assessoria Ambiental. O projeto é finalista do 4º Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade, na categoria Microempresa.

Fundada por Thiago Pietrobon, a empresa surgiu dentro do Supermercado São Vicente, quando o biólogo era prestador de serviço na área de treinamento da companhia. Nesta época, a Ecosuporte foi concebida apenas para atender às necessidades ambientais das lojas da rede de varejo espalhadas pelo interior de São Paulo. No entanto, com a eficácia das ações, os serviços acabaram se expandindo para outras empresas. “Desde 2010, a empresa não atende somente ao São Vicente, mas também a Associação Paulista de Supermercados, os Supermercados Brait, Smart Americana e Galassi Campinas”, diz Pietrobon.

Entre as ações desenvolvidas pela Ecosuporte no São Vicente e replicadas em outros supermercados estão o “Consumo sem desperdício”, que tem como objetivo sensibilizar os colaboradores para o uso racional de energia elétrica, água e embalagens. No caso do uso da energia, há um cuidado redobrado para aproveitar da melhor forma a luz natural e atenção ao sistema de refrigeração que, geralmente, é a maior fonte consumidora.

O monitoramento do uso da água também gera grande preocupação. Por isso, há o treinamento dos funcionários para melhor aproveitamento da água e combate a vazamentos. O incentivo ao uso de caixas de papelão e sacolas reutilizáveis complementam as medidas, assim como a busca por alternativas para reduzir a geração de resíduos e fazer a reciclagem, além da destinação correta do óleo de cozinha usado. 

No São Vicente, as ações sustentáveis não se concentraram apenas dentro das lojas, mas também no entorno, com a instalação de coletores de óleos de cozinha em escolas públicas e outros espaços. Além disso, o programa deu um passo além em 2013, com a maior atenção ao colaborador por meio de ações de incentivo para que ele também aplique as medidas em casa. O consumidor é outro que teve maior atenção: “Ao invés de simplesmente divulgar as ações realizadas dentro dos supermercados, criamos uma comunicação visual para ajudar e orientar o cliente sobre como adotar ações mais sustentáveis, assim como tem sido feito na operação da loja”, explica o biólogo.

Quanto ao resultado de todas essas ações praticadas pela Ecosuporte, Pietrobon garante que, além da redução do custo operacional dos supermercados, a eficácia é medida pelo reconhecimento do pioneirismo do programa iniciado na rede São Vicente (o projeto foi finalista no 3º Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade, na categoria “Grande Empresa”), melhoria da imagem das lojas e a aceitação e o envolvimento do público-alvo, mensurado pela alta participação dos clientes e dos funcionários.