Economia

26/01/2016

Sustentabilidade gera lucro e negócios competitivos

As ações sustentáveis vão além do campo ambiental e se mostram eficazes para o sucesso das empresas

Sustentabilidade gera lucro e negócios competitivos

Adotar medidas sustentáveis colaboram com a natureza e reduzem custos
(Arte TUTU)

Por Deisy de Assis

Sustentabilidade não é boa apenas para o planeta. As iniciativas verdes são perfeitas para tornar as empresas mais competitivas e alavancar os lucros. A gestão sustentável é uma estratégia de negócios.

O sucesso depende de as companhias apostarem nessa perspectiva como oportunidade. Identificando as iniciativas viáveis para o perfil do negócio, basta planejar e partir para a ação. Foi justamente o que fizeram os administradores do shopping Eldorado, na Capital.

Ao perceberem a grande quantidade de comida que era desperdiçada todos os dias na praça de alimentação, decidiram agir. Em 2012, criaram o projeto Compostagem e Telhado Verde. Com a iniciativa, a empresa passou a processar todo o lixo orgânico e transformá-lo em compostagem. A mistura virava adubo na horta cultivada na cobertura verde do shopping.

“Passamos a economizar 10% do que era gasto com o transporte e realizamos o descarte correto dos resíduos”, afirma o gerente de operações do shopping, Ricardo Omar, que ainda ressalta a valorização da imagem da empresa.

Além de evitar que cerca de uma tonelada de lixo orgânico vá para o aterro sanitário todos os dias, a iniciativa rendeu ao Eldorado o reconhecimento no 5º Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade, em 2015. Além disso, os funcionários recebem os alimentos vindos direto da horta.

Menos água e esgoto

Para o Colégio e Faculdade Eniac, em Guarulhos, na Grande São Paulo, os ganhos vieram a partir de 2008, depois da instalação do sistema de tratamento de água e esgoto. O gerente de Infraestrutura da instituição, Miguel Sanchez, conta que a escolha se deu em função da baixa manutenção que o equipamento requisitava.

Mesmo demandando pouca mão de obra, o resultado foi surpreendente. “A economia mensal tem sido de R$ 10 mil no orçamento”, diz. O sistema conta ainda com cisterna, cuja capacidade alcança 70 mil litros de água da chuva.

Gestão eficiente

A sustentabilidade foi a primeira meta da administração dos hotéis-fazenda Campo dos Sonhos e Parque dos Sonhos, em Socorro (SP). Ambos possuem sistemas de energia limpa e a economia é significativa;

A energia solar captada vai para lâmpadas e chuveiros. Apenas com essa fonte energética, a poupança dos hotéis foi de R$ 27,7 mil em 2014, segundo o balanço mais recente da administração. Já com a energia da biomassa – obtida com o processamento de resto de vegetais e lenha –, é feito o pré-aquecimento das piscinas e gerado calor para os fogões do restaurante. A economia somou R$ 16,7 mil nos dois empreendimentos.

Os estabelecimentos possuem várias outras ações sustentáveis, que reduzem os custos do negócio. O diretor dos hotéis, José Fernandes Franco, diz que desde início do negócio tinha certeza do sucesso por meio de ações ecologicamente corretas.

“A sustentabilidade sempre terá como resultado a economia. O desafio das empresas é justamente enxergar isso”, afirma Franco, ressaltando que oferece preços mais competitivos por causa das ações ecologicamente corretas.