Editorial

10/05/2019

Com novo projeto gráfico, “Tome Nota” esclarece dúvidas sobre férias em sua 188ª edição

Boletim destinado a contabilistas e entidades sindicais passa por reformulação a partir de maio, mês em que também aborda a mercantilização da profissão contábil

Com novo projeto gráfico, “Tome Nota” esclarece dúvidas sobre férias em sua 188ª edição

Publicação informa sobre as mudanças na legislação que impactam a contabilidade das empresas
(Arte/Tutu)

Os profissionais da contabilidade precisam estar bem informados para poder acompanhar as exigências e as transformações da legislação nas áreas tributária, trabalhista ou previdenciária. Para contribuir cada vez mais para essa tarefa, o boletim Tome Nota, elaborado mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), apresenta a partir de maio um novo projeto gráfico.

A reformulação, que poderá ser vista na publicação de número 188, deixa as páginas visualmente mais limpas ao valorizar o fundo branco em grande parte do informativo. Junto com as novidades no layout do boletim, o leitor poderá saber mais sobre a concessão de férias aos trabalhadores.

Esse é um dos temas de destaque da edição, pois muitos empregados aproveitam a pausa nas atividades escolares de julho para tirar também férias do trabalho. De forma clara e simples, o informativo explica sobre quantos dias de férias o empregado tem direito, se o período pode ser dividido, qual o prazo para o pagamento do período de descanso, etc.

Veja também:
Conheça as regras para conceder férias individuais ou coletivas a seus funcionários

O perigo da mercantilização da profissão contábil é outro assunto do Tome Nota. O tema é abordado no artigo da presidente do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de São Paulo (CRC-SP), Marcia Ruiz Alcazar.

Novo formato

Essas questões podem ser lidas de forma mais agradável a partir desta edição, uma vez que o novo projeto gráfico busca melhorar a experiência da leitura em todo o boletim por meio do aumento do contraste na hierarquia dos textos. Títulos e informações complementares, como números e tabelas, terão mais destaque favorecendo a rápida percepção dos conteúdos tratados ao longo de cada edição.

Também foram desenvolvidos dois modelos de capa com as informações do número da edição, do mês e os destaques do informativo no topo e na lateral. As opções – que podem variar – têm o objetivo de surpreender o leitor ao trazer a sensação de novidade.

O Tome Nota continua a disponibilizar indicadores, cotações e agenda tributária. A publicação destinada a contabilistas e entidades sindicais tem tiragem de 9,2 mil exemplares/mês. Para acessar o boletim, clique aqui.