Editorial

04/10/2018

Diretor exalta elenco heterogêneo da peça “Um Panorama Visto da Ponte”

Para Zé Henrique de Paula, desafio de dirigir clássico de Arthur Miller é de grande responsabilidade e muito empolgante

Diretor exalta elenco heterogêneo da peça “Um Panorama Visto da Ponte”

Elenco possui idades e experiências distintas que engrandecem o espetáculo
(Arte: TUTU sobre foto de divulgação)

“Não hesitei um segundo em aceitar esse desafio e me juntar a esse time de atores maravilhosos, dedicados e comprometidos com o trabalho de investigar um material tão denso e tão cheio de camadas como esse texto”, comenta o diretor Zé Henrique de Paula sobre a peça Um panorama visto da ponte, em cartaz no Teatro Raul Cortez, na Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Em sua segunda montagem profissional no Brasil, o clássico do americano Arthur Miller (1915-2005) retrata a história de um casal de imigrantes italianos – Eddie Carbone (Rodrigo Lombardi) e Beatrice (Patricia Pichamone), que criam a sobrinha órfã Catherine (Gabriella Potye). Sob narração do advogado Alfiere (Sérgio Mamberti), um conflito se estabelece com a chegada de dois primos italianos, Marco (Antonio Salvador) e Rodolfo (Bernardo Bibancos), que entram ilegalmente nos Estados Unidos em busca do “sonho americano”.

Veja também:
“Um Panorama Visto da Ponte” leva público à reflexão e se mantém atual, diz Rodrigo Lombardi
Artistas e fãs marcam presença na estreia de “Um Panorama Visto da Ponte” no Teatro Raul Cortez
“É um sonho realizado remontar esse clássico”, diz Sérgio Mamberti sobre Um Panorama Visto da Ponte
Com Rodrigo Lombardi e Sérgio Mamberti, peça “Um panorama visto da ponte” estreia no Teatro Raul Cortez

Por se tratar de um clássico, Zé Henrique de Paula conta que sempre há algo para dizer a uma plateia contemporânea, mesmo sendo escrito nos anos 1950. “É uma grande responsabilidade para qualquer diretor em se tratando de um dramaturgo como Arthur Miller, mas também é um desafio muito instigante e empolgante”, relata.

Sobre o elenco do espetáculo, o diretor é só elogios. “Uma das coisas mais interessantes para mim é trabalhar com elencos heterogêneos, que tenham atores de idades diferentes quando o perfil dos personagens permite isso, mas principalmente com experiências diversas. Trabalhar com Sérgio Mamberti é de uma riqueza extraordinária, pois ele testemunhou tantas coisas do teatro brasileiro, inclusive assistiu aos ensaios e à primeira montagem desse espetáculo [em 1958]. É também um encontro muito feliz trabalhar novamente com Patricia Pichamone e Rodrigo Lombardi. E, ao mesmo tempo, ter atores que estão praticamente estreando no teatro profissional traz frescor e inteligência para a peça”, detalha.

O espetáculo Um Panorama Visto da Ponte fica em cartaz até 25 de novembro. A peça tem duração de 100 minutos, com classificação de 14 anos.

Informações da peça Um Panorama Visto da Ponte   
Data: de 3 de agosto a 25 de novembro    
Sextas, às 21h30; sábados, às 21h; domingos, às 18h  
Ingressos: R$ 80    
Teatro Raul Cortez – Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – Bela Vista, São Paulo (SP)