Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Legislação

28/05/2020

Momento exige que MEI conheça linhas de financiamento

Boletim “No Balcão” traz uma tabela comparativa com as opções de crédito oferecidas pelos principais bancos públicos ao microempreendedor individual

Ajustar texto: A+A-

Momento exige que MEI conheça linhas de financiamento

Publicação faz um passo a passo com dicas para melhorar a produtividade no home office, regime de trabalho que cresceu durante a quarentena
(Arte: TUTU)

O momento atual de pandemia (e queda no faturamento) exige do empresário total conhecimento das linhas de financiamento dos principais bancos públicos. O Microempreendedor Individual (MEI) é um dos públicos mais afetados com as regras de quarentena e o isolamento social e, por isso, precisa saber das carências, dos prazos, dos juros e dos documentos obrigatórios para obter crédito.

Essas explicações estão no boletim No Balcão de maio. A edição de número 25 traz uma tabela comparativa com as opções de crédito para MEI oferecidas pelos principais bancos públicos, como Banco do Brasil, Banco do Povo, Desenvolve SP e Caixa, além das linhas oferecidas pelo Sebrae.

Fique por dentro das novidades sobre o isolamento e saiba mais sobre a concessão de crédito:
Novo modelo de isolamento social permite a reabertura de comércios em determinadas regiões
Entenda como acessar linhas especiais de crédito durante a crise
Sancionado projeto de lei que cria linha de crédito para micros e pequenas empresas

Na seção “Pergunte ao consultor”, Thiago Carvalho, assessor econômico da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), orienta o que pode ser feito nos casos em que o fluxo de caixa despencou. Segundo ele, o primeiro passo está em identificar custos fixos e variáveis.

Outra mudança oriunda da pandemia é a expansão do home office. Por isso, diante das mudanças na rotina de muitos empregados e empregadores, No Balcão faz um passo a passo com dicas para melhorar a produtividade nesse regime de trabalho.

A publicação traz também uma entrevista com o fundador da holding de franquias SMZTO, José Carlos Semenzato, na qual ele indica caminhos para superar a crise. O empresário, que viu 60% das suas quase 2 mil lojas serem fechadas, fala do planejamento para superar as dificuldades impostas pela pandemia.

O boletim No Balcão é editado mensalmente pela FecomercioSP. Para acessar o conteúdo exclusivo para associados, basta se cadastrar aqui.