Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Economia

19/03/2018

Municipalização do ensino é tema de debate do UM BRASIL

Discrepância no tamanho dos sistemas educacionais nas pequenas e grandes cidades é brutal, afirma o gerente-geral do Todos Pela Educação, Olavo Nogueira Filho

Ajustar texto: A+A-

Municipalização do ensino é tema de debate do UM BRASIL

Especialista afirma que a educação no Brasil tem a estrutura de uma pirâmide invertida com muitos municípios com poucos alunos e poucas cidades com muitos estudantes
(Foto: Christian Parente)

A municipalização do ensino enfrenta dificuldades na questão da qualidade em todas as etapas da educação básica, segundo destaca o gerente-geral do Todos Pela Educação, Olavo Nogueira Filho. “A grosso modo, 50% dos alunos na educação brasileira chegam aos oito anos sem estarem plenamente alfabetizados. Esse, por si só, é um número alarmante”, diz.

Nogueira Filho discute sobre educação com Humberto Dantas e Fernando Coelho na décima segunda aula do curso digital Desafios da Gestão Municipal no Brasil, produzido pelo UM BRASIL em parceria com a Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH-USP).

Veja também:
Educadores debatem boas práticas do ensino na sala de aula
Analfabetismo: um mal de séculos
País sem leitores é país sem pensamento, por Nélida Piñon

Segundo o especialista, além do problema da aprendizagem que persiste nos últimos 15 anos tanto nos pequenos quanto nos grandes municípios, existe atualmente uma diferença brutal no tamanho dos sistemas educacionais.

Ele esclarece que hoje 40% dos municípios brasileiros tem em sua gestão até cinco escolas e 5% das cidades tem de administrar mais de 50 escolas, sendo que esse último abraça um terço do contingente de alunos da Educação Básica. “Temos a famosa pirâmide invertida, muitos municípios com poucos alunos e poucos municípios com muitos alunos”, fala Nogueira Filho.

As aulas – ministradas na EACH-USP durante o primeiro semestre de 2017 – compõem a série que discute temas como segurança pública, saúde, educação, turismo, democracia participativa, cultura e mobilidade, entre outros assuntos. Ao todo, são 13 aulas que serão divulgadas no portal da FecomercioSP semanalmente.

Confira a entrevista na íntegra: