Negócios

19/10/2015

Novas tecnologias exigem versatilidade dos profissionais

Adaptação é fundamental diante de mercado em constante transformação

Novas tecnologias exigem versatilidade dos profissionais

Por Deisy de Assis

O rápido avanço das tecnologias provoca mudanças no mercado de trabalho, transformando o modo de operação e exigindo a adaptação dos profissionais de diferentes áreas. O assunto rende ampla discussão e será o foco do próximo evento da FecomercioSP “O futuro do trabalho: por que ter medo das novas tecnologias?”, que acontecerá em 30 de outubro.

De acordo com Edmundo Oliveira, membro do Conselho de Relações do Trabalho da FecomercioSP, as tecnologias se tornaram aliadas e são essenciais para o desempenho em qualquer campo.

“As formas de se comunicar se modificaram e temos novos mecanismos inteligentes de processamento de dados. Os profissionais devem conviver com essas novas ferramentas e usá-las a seu favor”, diz Oliveira, que ainda cita a modernização constante dos processos de automação das empresas.

No que diz respeito ao receio dos profissionais e até mesmo das corporações quanto ao surgimento constante das novas tecnologias, Oliveira argumenta que grandes mudanças sempre acarretarão impactos, a exemplo do que ocorreu durante a revolução industrial, que conduziu os trabalhadores a se inteirar à nova realidade de mercado.

Ele explica ainda que cenários como estes geram insegurança, porém, o que ocorre é que os conhecimentos antigos são agregados às novas tendências que as mudanças tecnológicas trazem e estar abertos a eles é o primeiro passo para o sucesso.

Com as alterações, outra questão é a forma como as pessoas escolhem ser empregadas e as interferências nas legislações vigentes.

Segundo Oliveira, o desafio mundial é permitir, dentro deste cenário de transformações, o aumento da produtividade, o que demanda o uso adequado das tecnologias e a capacitação dos profissionais.

Estes e outros tópicos do tema serão abordados durante as palestras do evento “O futuro do trabalho: por que ter medo das novas tecnologias?”, que tem inscrições abertas e gratuitas. Participe!