Negócios

15/02/2018

Senac oferece cursos de gastronomia para formar profissionais de sucesso em um cenário de mercado competitivo e consumidores exigentes

Instituição tem graduação e extensão universitária para quem deseja se profissionalizar na área

Senac oferece cursos de gastronomia para formar profissionais de sucesso em um cenário de mercado competitivo e consumidores exigentes

Com a constante exposição do tema na mídia, muitos apaixonados pela culinária pensam em seguir carreira
(Arte: TUTU)

Por Priscila Trindade

Na última década, a profissão de gastronomia ganhou mais espaço no Brasil em razão dos programas de culinária na televisão, como MasterChef e Cake Boss. Apesar das informações que os reality shows passam, os interessados em atuar na área precisam buscar conhecimento antes de empreender e se aventurar nessa profissão.

Para atender a esse público, o Senac São Paulo tem os cursos de graduação Tecnologia em Gastronomia e de extensão universitária Cozinheiro Chefe Internacional. As inscrições para as duas modalidades estão abertas até março no site da instituição.

Veja também:
Senac recolhe pilhas e baterias usadas em parceria com a FecomercioSP
Conhecimento é a chave do negócio
Parceria com o Senac capacita líderes e gestores do Giraffas

“O mercado gastronômico está cada vez mais competitivo, e o consumidor, mais exigente. Com isso o profissional da área tem de se destacar pelo conhecimento além do seu talento e criatividade. Por esse motivo, os cursos são pontos de partida para o sucesso desse profissional”, enfatiza a coordenadora de gastronomia do Centro Universitário Senac - Santo Amaro, Zenir Dalla Costa.

O curso superior tem duração de dois anos e é oferecido nos três campi do Centro Universitário Senac (Santo Amaro, na zona sul da capital paulista; Campos do Jordão e Águas de São Pedro, no interior de São Paulo).

Os alunos encontram entre as disciplinas aulas de princípios básicos de nutrição, panificação, gestão de eventos gastronômicos, estudo de bebidas e diversos tipos de cozinha, como asiática, brasileira, francesa, italiana, mediterrânea, entre outras. O curso obteve conceito 5 – excelente na avaliação do Ministério da Educação (MEC).

Um dos diferenciais está no dinamismo do curso Tecnologia em Gastronomia, pois os estudantes poderão usar a estrutura dos hotéis-escola do interior (Grande Hotel São Pedro e Grande Hotel Campos do Jordão) para a prática profissional. Eles também poderão participar do Desafio Senac: Alunos no Comando, projeto que coloca as turmas das graduações Bacharelado em Hotelaria, Tecnologia em Hotelaria, Tecnologia em Eventos e Tecnologia em Gastronomia dos três campi para comandar um dos Hotéis-escola Senac por um fim de semana. Na atividade, eles desenvolvem competências de gestão e liderança.

Segundo Zenir, jovens que saíramdo ensino médio ou que deixaram de concluir uma graduação em outra área para seguir na gastronomia costumam procurar pelo Tecnologia em Gastronomia. Nesse curso, o aluno encerra os estudos com a possibilidade de carreira acadêmica, além do conhecimento técnico de prática de cozinha e da gestão de empreendimentos gastronômicos. “Recebemos também profissionais de cozinha em busca de aprimoramento e da certificação”, completa a coordenadora.

O curso Cozinheiro Chefe Internacional está disponível na unidade Aclimação, região central da capital paulista. Tem duração de 800 horas e exige idade mínima de 18 anos e que o aluno esteja cursando o ensino superior. As aulas práticas são realizadas em cozinhas totalmente equipadas. O programa engloba temas como confeitaria, planejamento técnico de cardápio e cozinhas fria, mexicana e outras.

O principal público é formado por profissionais de outras áreas que querem fazer o curso por hobby, para adquirir conhecimento das técnicas da cozinha internacional ou para empreender em algum negócio gastronômico.