Economia

06/06/2017

FecomercioSP recebe autoridades e especialistas em lançamento de portal de Logística Reversa

Plataforma digital traz informações sobre como comerciantes, sindicatos e consumidores podem realizar o descarte adequado de rejeitos

FecomercioSP recebe autoridades e especialistas em lançamento de portal de Logística Reversa

José Goldemberg (ao centro), presidente do Conselho de Sustentabilidade da FecomercioSP, disse que logística reversa é boa para o comércio e para a sociedade
(Tutu) 

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) lançou, nesta terça-feira (6), um portal especializado em logística reversa. Realizado na sede da Federação, o evento de lançamento do site contou com a participação de autoridades e diretores de organizações que atuam nas áreas de sustentabilidade e reciclagem.

Acesse o portal de Logística Reversa da FecomercioSP

A logística reversa consiste em fazer o descarte adequado de rejeitos que apresentam riscos à saúde humana e ao meio ambiente. O foco são produtos que os consumidores não podem descartar no lixo doméstico, mas, sim, nos pontos de coleta disponibilizados pelos estabelecimentos que os comercializam.

A plataforma digital da FecomercioSP traz informações detalhadas para que os pontos de venda no Estado de São Paulo possam participar dos termos de compromissos para sistemas de logística reversa e receber esses produtos após o consumo dos clientes.

Veja também
Federação lança o 6º Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade
“Ampliamos o escopo do Prêmio Fecomercio de Sustentabilidade”, diz José Goldemberg

Na mesa de abertura do evento, o presidente do Conselho de Sustentabilidade da FecomercioSP, José Goldemberg, ressaltou o papel que a Entidade tem desempenhado para fortalecer a atividade junto aos empresários e aos órgãos ambientais paulistas.

“A logística reversa é boa para o sistema produtivo e para a sociedade”, afirmou Goldemberg. “O papel que temos tentado fazer junto aos órgãos reguladores tem sido útil para o diálogo e correção de rumo à medida que as coisas acontecem nesse setor”, completou.

A apresentação da plataforma ficou por conta da assessora técnica do Conselho de Sustentabilidade da FecomercioSP, Cristiane Lima Cortez, que explicou o conteúdo do site, a política nacional de logística reversa e as resoluções do Estado de São Paulo.

Em sua fala, Cristiane também explicou as funcionalidades do portal para o descarte adequado de pilhas e baterias portáteis, entre elas de que modo o comércio pode aderir aos termos de compromisso e como o consumidor pode devolver os produtos após o consumo.

Também presente ao evento, o secretário adjunto do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Antônio Velloso, disse que a FecomercioSP “deu as mãos à secretaria” para a implementação de ações de logística reversa no território paulista e enfatizou que esse tipo de atividade “jamais vai acontecer sem a participação do comércio”.

“A questão do lixo é crítica no Brasil e no Estado de São Paulo. Os aterros e os lixões se multiplicam País afora”, disse Velloso. “A logística reversa é fundamental pois representa a redução do que vai para o aterro sanitário”, completou, ressaltando a importância do portal da Federação para impulsionar a atividade.

Já o gerente da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), Flávio Miranda Ribeiro, falou sobre a importância da destinação adequada de resíduos do ponto de vista da saúde pública e de preservação dos ecossistemas.

“O setor de resíduos representa menos de 0,5% do PIB [Produto Interno Bruto] no Brasil. Como comparação, no Reino Unido passa de 1% de toda a atividade econômica. Isso sinaliza que se trata de um setor que pode crescer”, disse Ribeiro.

“O varejo tem o papel muito importante de trazer esclarecimentos e envolver o consumidor nesse processo”, ressaltou o gerente da Cetesb.

O evento também contou com as participações do diretor do departamento de sustentabilidade da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), João Carlos Redondo, o vice-presidente da Associação Brasileira de Baterias Automotivas e Industriais (Abrabat), Carlos Zaim, e a diretora executiva do Instituto Brasileiro de Energia Reciclável (Iber), Amanda Vieira Queiroz Schneider.