Negócios

01/11/2018

Da contratação à motivação: como engajar os funcionários

Líder precisa conhecer colaboradores e saber como fazer cobrança com equilíbrio

Da contratação à motivação: como engajar os funcionários

Antes de cobranças, é necessário explicar ao funcionário o que se espera dele
(Arte/Tutu)

Uma equipe preparada e motivada é essencial para o setor varejista. Sem ela, cativar o cliente e, consequentemente, realizar boas vendas se torna uma tarefa muito mais difícil. Mas como montar um time que atenda a necessidades e desafios do comércio?

O primeiro passo para formar uma equipe afinada, explica a assessoria econômica da FecomercioSP, é acertar na contratação. Para isso, o primeiro passo é definir quais são os requisitos essenciais para a vaga a ser preenchida. Testes, avaliação de currículo e análise da postura do candidato também são bons indicadores se a pessoa estará apta ao cargo.

Após a entrevista, os primeiros eliminados serão aqueles que não atendam aos requisitos básicos, previamente definidos como indispensáveis. Com um grupo reduzido, será mais fácil utilizar os demais critérios para escolher aquele que melhor se encaixaria à função.

Boa comunicação é essencial

Antes de cobrar o funcionário, é necessário deixar claro o que é esperado dele. Portanto, elucidar quais são as metas da empresa ajuda a nortear a atuação de cada colaborador.

Não basta, porém, apenas informar os empregados sobre as expectativas da empresa. Também é preciso conhecer as particularidades de cada um, seus pontos fortes e fracos, e entender como cada indivíduo se comporta nas diferentes situações enfrentadas diariamente no ambiente de trabalho.

Nesta tarefa de conduzir e motivar a equipe, o diálogo é fundamental. Vale lembrar que é uma via de mão dupla: além de frequentemente buscar a interação com os colaboradores, o líder precisa deixar os funcionários à vontade para que eles também o procurem para conversar.

Leia também:
Ações de gestão comercial estimulam as vendas no comércio
Como aplicar reajustes de preços sem perder clientes
Indicadores econômicos são fundamentais na gestão empresarial

Cobrança com equilíbrio

O líder precisa ter equilíbrio na hora de cobrar resultados, ressalta a assessoria econômica da FecomercioSP. Sem estar atento à equipe, o supervisor pode errar na maneira de se colocar e causar danos irreparáveis ao relacionamento profissional.

Uma boa forma de motivar a equipe nesse sentido é deixar claro que os objetivos são da empresa, não pessoais – isso pode gerar mais engajamento, já que proporciona uma sensação de pertencimento ao grupo.

Por fim, oferecer boas condições de trabalho, como um salário adequado e benefícios, é sempre uma excelente maneira de motivar os funcionários. Mais do que gastos, são maneiras de investir na empresa, a fim de criar um ambiente de trabalho que proporcione oportunidades de crescimento para todos.