Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Negócios

05/02/2021

Nova reclassificação coloca Grande São Paulo na fase amarela

Mudança atinge outras cinco regiões e estabelecimentos poderão funcionar por mais duas horas a partir de segunda-feira (8)

Ajustar texto: A+A-

Nova reclassificação coloca Grande São Paulo na fase amarela

Algumas regiões foram para a fase laranja, enquanto Araraquara passa para a fase vermelha após piora dos índices de saúde
(Arte: TUTU)

*texto atualizado em 19 de fevereiro de 2021.

Uma nova reclassificação do Plano São Paulo altera o posicionamento de algumas regiões o Estado, conforme comunicado do governo nesta sexta-feira (19). A despeito de as flexibilizações serem positivas para os comerciantes, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) relembra da importância de seguir os protocolos de saúde e higiene para reduzir a disseminação do covid-19.

Na atualização do programa, que entra em vigor na segunda-feira (22), Sorocaba, que estava na fase laranja, avançou para a amarela e Franca deixou a fase vermelha e passou à laranja. Barretos e Presidente Prudente voltam à fase vermelha, na qual Bauru e Araraquara permanecem e só podem operam serviços essenciais como farmácias e padarias.

Saiba mais sobre o posicionamento da Federação na pandemia
FecomercioSP reforça pleitos a fim de manter incentivos fiscais de ICMS às empresas de São Paulo
FecomercioSP pede prorrogação da suspensão de taxas para abertura de empresas no Estado 
FecomercioSP consegue veto de projeto de lei que exigia cabine de desinfecção no comércio

Além de Sorocaba, continuam na fase amarela Araçatuba, Baixada Santista, Campinas, Grande SP (incluindo a capital) e Registro. Os estabelecimentos localizados nestas áreas autorizados a funcionar até as 22h e bares até 20h.

Na fase laranja, além de Franca, estão as regiões de Marília, Piracicaba, São José do Rio Preto, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista e Taubaté. Nessas áreas fica proibida a abertura de bares e outros serviços funcionam com restrições de horários e de capacidade.

No dia 3 de fevereiro, o governo estadual havia suspendido o decreto que deixava todo o Estado na fase vermelha aos fins de semana e feriados, e nos dias úteis das 20h às 6h. Na ocasião, também foi informado um pacote econômico de auxílio para o comércio. As ações atendem a pedidos feitos anteriormente pela Federação.