Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Índice de Preços de Serviços

Preços dos serviços registram leve queda em abril

O Índice de Preços de Serviços (IPS) ficou praticamente estável em abril, com variação de -0,07%, após um recuo de 0,14% em março. No acumulado de 2020 o IPS acumula alta de 0,61% e nos últimos doze meses a alta é de 4,19%.

Transportes exerceram a principal pressão de alta, em virtude da variação de passagem aérea (15,05%). Outro segmento que também pressionou minimamente o IPS foi o de saúde e cuidados pessoais, que apontou alta de 0,41%. Os destaques foram em hospitalização e cirurgia (0,16%) e plano de saúde (0,59%).

Sobre

Índice de Preços de Serviços (IPS) tem como objetivo acompanhar de forma sistemática e distinta a evolução dos preços de serviços e avaliar seu impacto sobre as diversas classes de renda.

Como é obtido

Coleta de variações de preços de 66 itens de consumo de serviços apuradas pelo IBGE e que compõem o cálculo do IPCA na região metropolitana de São Paulo. A soma dos pesos dos 66 itens de serviços é reponderada de forma que somem 100% do consumo de serviços das famílias em média e também na divisão para cada faixa de renda.

Utilidades

O indicador proporciona comparações importantes sobre os efeitos dos preços de serviços sobre os orçamentos não apenas em diferentes faixas de renda, mas também por tipo de consumo das famílias.

Análise de Índice

De:

Até:

Selecione ao menos uma das Segmentações para visualização

Conteúdos relacionados