Notamos que você possui
um ad-blocker ativo!

Para acessar todo o conteúdo dessa página (imagens, infográficos, tabelas), por favor, sugerimos que desabilite o recurso.

Pesquisa de Emprego no Setor de Serviços de São Paulo

PESP SERVIÇOS

Setor de serviços tem saldo positivo de vagas celestistas em fevereiro

No mês de fevereiro, o movimento de postos celetistas nos serviços ficou positivo em 55.435 vagas no Estado. Na capital paulista, o número de contratações foi 21.129 maior do que o de desligamentos, mantendo o saldo de empregos no azul. No bimestre, há evolução respectiva de 74.554 e 33.006 vagas nos serviços do Estado e da capital.

Entretanto, no acumulado dos 12 meses o cenário é negativo tanto no setor de serviços quanto no comécio: 47,6 mil empregos formais perdidos no acumulado entre março de 2020 e fevereiro deste ano.

Sobre

A Pesquisa de Emprego no setor de serviços, elaborada pela FecomercioSP, abrange todo o Estado de São Paulo. O levantamento foi reformulado a partir de agosto de 2020, passando a considerar a nomenclatura celetista para destacar os empregados, uma vez que utiliza dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério da Economia (Caged).  

Como é obtido

Os dados de emprego são provenientes do Caged, do Ministério da Economia – por meio das informações declaradas pelas empresas do setor de serviços paulista –, e são estratificados em 14 divisões de atividades. São elas: Administração pública, defesa e seguridade social; Educação; Saúde humana e serviços sociais; Alojamento e alimentação; Atividades administrativas e serviços complementares; Atividades financeiras, de seguros e de serviços relacionados; Atividades imobiliárias; Atividades profissionais, científicas e técnicas;

Informação e comunicação; Artes, cultura, esportes e recreação; Organismos internacionais e outras instituições extraterritoriais; Outras atividades de serviços; Serviços domésticos; e Transporte, armazenagem e correio.  

As informações sobre institutos trazidos, com base na Reforma Trabalhista – como jornadas diferenciadas, demissão por acordo entre as partes, entre outros –, não estão disponíveis no painel de informações do Novo Caged, por isso, não são citados na PESP Serviços.

Toda a série histórica, até 2010, foi revista considerando a nova metodologia.

Utilidades

A PESP Serviços traça um panorama sobre o nível de emprego no setor de serviços no Estado de São Paulo, considerado o mais pulverizado e heterogêneo da economia. Os dados são coletados nos âmbitos estadual e do município de São Paulo. A estratificação por atividades permite gerar análises detalhadas sobre cada uma delas.

Análise de Índice

De:

Até:

Selecione ao menos uma das Segmentações para visualização

Conteúdos relacionados