Índice de Confiança do Empresário do Comércio

Confiança do empresário do comércio registra maior patamar desde 2014

Pela terceira vez consecutiva, o comerciante do município de São Paulo se mostrou mais confiante, sentimento captado pelo Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC), que registrou alta de 1,2%, ao passar de 106,2 pontos em setembro para 107,5 pontos em outubro, o maior patamar desde abril de 2014. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando o índice registrou 92,6 pontos, o crescimento foi de 16%.

De acordo com a pesquisa, as empresas com menos de 50 funcionários, registraram alta de 1,3% na confiança em outubro, passando de 105,9 pontos em setembro para 107,3 pontos no mês. Nas companhias com mais de 50 empregados, o ICEC recuou 4,2% e passou de 120,3 para 115,3 pontos em outubro. No comparativo anual, tanto as pequenas como as grandes empresas registraram crescimento na confiança, de 16% e 15,3%, respectivamente.

Clique aqui para ter acesso à análise completa.

 

Sobre

O ICEC é realizado mediante entrevistas com 541 empresas na capital paulista. São capturadas informações sobre as percepções dos empresários com relação à economia, seu setor de atuação e sobre a sua empresa. As questões abordam temas como perspectivas de investimento, contratação de empregados e a situação dos estoques.

Como é obtido

São entrevistas feitas em painel fixo de empresas, com amostragem segmentada por setor (não duráveis, semiduráveis e duráveis) e por porte de empresa (até 50 empregados e mais de 50 empregados). As entrevistas são feitas em local e por telefone, mensalmente, com questionário de nove questões específicas ao segmento. As questões agrupadas formam o ICEC, que por sua vez pode ser decomposto em outros subíndices que avaliam as perspectivas futuras, a avaliação presente e as estratégias dos empresários mediante o cenário econômico.

Utilidades

É um importante instrumento de tomada de decisão de políticas públicas e empresariais. O ICEC é um poderoso indicador, cobrindo informações sobre estoques, investimentos, emprego e as perspectivas de decisões de empresários de um dos maiores setores da economia brasileira, na maior cidade do País.

Análise de Índice

De:

Até:

Selecione ao menos uma das Segmentações para visualização

Conteúdos relacionados