Índice de Confiança do Empresário do Comércio

Confiança dos empresários do varejo sobe 4,5% em abril

Depois de 27 meses consecutivos, o empresário do comércio paulistano volta a ficar otimista O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) alcançou 102,8 pontos em abril, uma alta de 4,5% na comparação com março (98,4 pontos). É o maior patamar registrado pelo indicador desde novembro de 2014. Em relação ao mesmo mês de 2016, foi observado crescimento de 37,4%. Apurado mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), o ICEC varia de zero (pessimismo total) a 200 pontos (otimismo total). 

De acordo com a FecomercioSP, a redução do ritmo inflacionário colabora de forma prática para justificar a melhora da confiança do empresário, uma vez que acaba criando o efeito renda ao provocar um ganho real no poder de compra - decisivo para a percepção de melhoria da capacidade de consumo das famílias. Aliado a isso, a Federação aponta a queda dos juros, que abre expectativa para melhoria nas concessões de crédito e sinaliza um avanço nas condições para a retomada dos investimentos. 

Porém, a Entidade pondera que existe ainda uma variável que pode retardar essa melhora: o cenário político. A instabilidade que vigora no País pode colocar em risco a definição das reformas necessárias para o equilíbrio fiscal, o que pode atrasar o processo de recuperação da economia assim como a retomada da confiança.

Para ter acesso à análise completa, clique aqui.

Sobre

O ICEC é realizado mediante entrevistas com 541 empresas na capital paulista. São capturadas informações sobre as percepções dos empresários com relação à economia, seu setor de atuação e sobre a sua empresa. As questões abordam temas como perspectivas de investimento, contratação de empregados e a situação dos estoques.

Como é obtido

São entrevistas feitas em painel fixo de empresas, com amostragem segmentada por setor (não duráveis, semiduráveis e duráveis) e por porte de empresa (até 50 empregados e mais de 50 empregados). As entrevistas são feitas em local e por telefone, mensalmente, com questionário de nove questões específicas ao segmento. As questões agrupadas formam o ICEC, que por sua vez pode ser decomposto em outros subíndices que avaliam as perspectivas futuras, a avaliação presente e as estratégias dos empresários mediante o cenário econômico.

Utilidades

É um importante instrumento de tomada de decisão de políticas públicas e empresariais. O ICEC é um poderoso indicador, cobrindo informações sobre estoques, investimentos, emprego e as perspectivas de decisões de empresários de um dos maiores setores da economia brasileira, na maior cidade do País.

Análise de Índice

De:

Até:

Selecione ao menos uma das Segmentações para visualização

Conteúdos relacionados