Índice de Expansão do Comércio

Intenção do empresário em investir e contratar se mantém estável em fevereiro

Após cinco meses de altas consecutivas, o Índice de Expansão do Comércio (IEC), calculado mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), manteve estabilidade ao cair 0,1% em fevereiro, passando de 108,8 pontos em janeiro para os atuais 108,7 pontos. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, o indicador apontou crescimento de 7,1%.

A propensão do empresário a investir aumentou 0,9% em relação a janeiro e passou de 87,1 para 87,9 pontos no mês atual. Em comparação com fevereiro de 2018, quando apresentava 85,4 pontos, obteve alta de 2,9%.

Clique aqui para ter acesso à análise completa.

Sobre

O Índice de Expansão do Comércio é apurado mensalmente pela FecomercioSP desde junho de 2011. O indicador vai de zero a 200 pontos, representando, respectivamente, desinteresse e interesse absoluto na expansão dos negócios.

Como é obtido

A partir de entrevistas com cerca de 600 empresários do comércio dos municípios que compõem a Região Metropolitana de São Paulo.

Utilidades

A análise dos dados identifica a perspectiva dos empresários do comércio em relação a contratações, compra de máquinas ou equipamentos e abertura de novas lojas.

Análise de Índice

De:

Até:

Selecione ao menos uma das Segmentações para visualização

Conteúdos relacionados