Intenção de Consumo das Famílias

Intenção de consumo sobe 0,9% em agosto

O Índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) registra alta de 0,9% em agosto e atingiu 78,9 pontos, ante 78,2 pontos vistos em julho. Se comparado com o mesmo mês de 2016, quando o indicador estava em 66,3 pontos, a alta foi de 19%. O ICF é apurado mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) e varia de zero a 200 pontos, sendo que abaixo de 100 pontos significa insatisfação e acima de 100, satisfação, em relação às condições de consumo.

Para a assessoria econômica da FecomercioSP, apesar de o ICF ainda estar no campo negativo, abaixo dos 100 pontos, está muito acima do valor de 2016, apontando uma pequena melhora nas condições econômicas das famílias, influenciada fortemente pela queda da inflação.

Para ter acesso à análise completa, clique aqui.

Sobre

A pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) tem como objetivo produzir um indicador inédito com capacidade de medir com a maior precisão possível, a percepção que as famílias têm sobre seu nível futuro de propensão a consumir em curto e médio prazos.

Como é obtido

Os dados são coletados junto a cerca de 2.200 consumidores no município de São Paulo.

Utilidades

Sendo um indicador antecedente de vendas do comércio, o ICF serve como instrumento substituto ou complementar aos modelos econométricos de projeção de demanda. É um poderoso aliado no planejamento de empresas, fornecedores e de políticas públicas.

Análise de Índice

De:

Até:

Selecione ao menos uma das Segmentações para visualização

Conteúdos relacionados